Lojas virtuais apostam em SMS

Lojas virtuais apostam em SMS
 
Quem nunca ouviu alguém reclamar que comprou um produto pela internet e não recebeu, ou até mesmo que não chegou no prazo combinado? Pois é, esse tipo de problema tem sido comum, reflexo do aumento de consumo em sites de e-commerce e compras coletivas, a grande febre do momento. Segundo pesquisa do E-BIT, a previsão de faturamento para o varejo online em 2011 é de R$ 20 bilhões, o que representa um crescimento de 30% em relação ao ano passado.
 
Os dados positivos animam os empreendedores, por outro lado, crescem também os cuidados com a qualidade do serviço prestado, tanto no atendimento ao cliente, quanto na efetivação do pedido, cobrança e entrega.
 
Segundo Daniel Bulach, gerente de negócios do Comunika, empresa especializada em mobile business e comunicação corporativa, as lojas virtuais estão investindo no SMS como ferramenta essencial para qualificar o serviço em todas as etapas. “Flexibilidade, baixo custo e o alto índice de leitura são as principais vantagens. As empresas podem aumentar a segurança na entrega dos produtos e ainda fidelizar o cliente com alertas sobre o andamento das transações realizadas”, esclarece Daniel, explicando ainda que é possível emitir pesquisa de satisfação, comprovante de compra, de pagamento e de entrega.
 
O celular é o eletrônico mais importante para o brasileiro, presente em todas as classes sociais, revelou a pesquisa da GFK (CustomResearch Brasil) de 2010. Segundo a Teleco (Inteligência em Telecomunicações), temos mais de um celular por habitante com mais de 220 milhões de linhas móveis habilitadas e uma densidade de 113 celulares por 100 habitantes. Por isso, ferramentas como o SMS se tornam uma forma de comunicação direta e econômica, se comparada com a voz, postagens e e-mails.
 
“A utilização do SMS em ações de relacionamento é um diferencial para as empresas que chegam ao segmento de e-commerce, que vem se popularizando e, consequentemente, ganhando aumento na concorrência”, conclui Bulach.
 

Fonte: Assessoria

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.