Minha Casa, Minha Vida já tem golpes

Disque Denúncia: Minha casa, minha vida
 

Ao tomar conhecimento de que o programa "Minha Casa, Minha Vida", do Governo federal, vem sendo alvo de golpistas, o presidente da Comissão de Habitação da Assembleia Legislativa do Rio, deputado Alessandro Calazans (PMN), decidiu disponibilizar o telefone da comissão, o 0800 282 8891, para receber denúncias sobre pessoas que tentam enganar quem deseja se cadastrar. "Conversei com a equipe de atendimento da comissão e instrui as atendentes a registrar o nome da pessoa que tentou aplicar o golpe, a localidade onde houve o golpe ou a tentativa. Vamos encaminhar à polícia, para que as providências sejam tomadas. Lembro que isso é um crime, tipificado como estelionato", afirmou Calazans. 
  
O parlamentar lembrou que o cadastramento no programa "Minha Casa, Minha Vida", que também vem sendo feito pela comissão da Alerj, é gratuito e que nenhum funcionário pode ligar para oferecer cadastro, muito menos cobrar qualquer quantia. "O importante é o cidadão estar bem informado. Qualquer dúvida, ligue para o Disque Habitação, se informe e denuncie", ressaltou. Desde 29 de junho, a comissão já cadastrou cerca de 10 mil pessoas no programa da casa própria.

O atendimento para cadastramento pode ser feito no prédio administrativo da Alerj, na Rua da Alfândega, 8, Centro do Rio, onde há atendentes qualificados para efetuar a inscrição; no site (www.alerj.rj.gov.br/habitacao), e no atendimento itinerante feito em uma van que percorrerá todo o estado. A van, que esta semana encontra-se na Cinelândia, estará na semana que vem, de 27/07 a 31/07, em frente ao Palácio Tiradentes, sede da Alerj. O atendimento é realizado de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h. A Comissão conta também com um serviço de telefone gratuito, o Disque Habitação (0800 282 8891), disponibilizado para dar orientação sobre o programa "Minha Casa, Minha Vida". Para fazer o cadastro é necessário estar com o documento de identidade e CPF.
 
 

Fonte: Alerj

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.