Morar Carioca no Parque Alegria

Morar Carioca no Parque Alegria
 
O prefeito Eduardo Paes inaugurou no sábado, dia 12, as obras de urbanização e implantação de infraestrutura do Programa Morar Carioca, na comunidade Parque Alegria, no Caju. Localizada entre a Linha Vermelha e a Avenida Brasil, a área também foi beneficiada com o reassentamento de 196 famílias que moravam em área de risco (embaixo do viaduto da linha férrea), e em outros pontos da comunidade.
 
Com as melhorias do Programa Morar Carioca, 6.724 moradores foram beneficiados, num investimento de R$7,9 milhões, sendo R$5,4 milhões nas obras e R$2,5 milhões na transferência das famílias para um local seguro.
 
Paes falou sobre as intervenções realizadas na comunidade e disse que o objetivo da Prefeitura do Rio é realizar melhorias em outras áreas do Rio.
 
– Estou muito feliz de estar inaugurando mais uma obra que traz benefícios para a população. Uma comunidade que embaixo dessa via do trem tinham quase duzentos barracos, com as pessoas vivendo em condições sub humanas. Conseguimos reassentar as pessoas com dignidade. Fizemos toda a urbanização da comunidade, área de esportes, uma creche, ou seja, é isso que a gente quer multiplicar pela cidade do Rio de Janeiro e é isso que temos conseguido fazer.
 
As obras executadas no Parque Alegria incluem a construção de um Espaço de Desenvolvimento Infantil (EDI), que já está em funcionamento, implantação de redes de água, esgoto e drenagem; pavimentação de ruas; criação de áreas de lazer e de esportes, como campo de futebol, quadras e praças; iluminação pública e coleta de lixo. Os barracos que estavam sob a linha férrea foram demolidos e o local foi totalmente urbanizado.
 
O subsecretário municipal de Habitação, Pierre Batista, comentou sobre as melhorias realizadas no Parque Alegria.
 
– Hoje estamos entregando essa obra para a comunidade, onde trouxemos muitas melhorias. Reassentamos famílias que viviam em situação de risco, recuperamos o viaduto, além disso, construímos o EDI e toda a parte do complexo esportivo. Também fizemos toda a parte de pavimentação, abertura do sistema viário, drenagem, coleta de água e iluminação. Isso é o Morar Carioca trazendo para a comunidade uma moradia melhor, um modo de viver melhor.
 
O Morar Carioca faz parte do legado urbano das Olimpíadas Rio 2016. A meta do programa é urbanizar todas as favelas cariocas até 2020, com um investimento de R$8 bilhões, sendo R$2 bilhões até 2012.

Fonte: Prefeitura do Rio

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.