Morre no Rio, Marina Maggessi, inspetora da Polícia Civil do Rio e ex-deputada federal

Ela era formada em Jornalismo, mas nunca exerceu a profissão
 

 

88s52k02y6_ym3ldixxc_file

 

Na madrugada desta sexta-feira, dia 9 de junho, Marina Maggessi, inspetora da Polícia Civil do Rio e ex-deputada federal, morreu por falência múltipla dos órgãos. Ela estava internada no CTI do Hospital São Francisco na Providência de Deus,  na Tijuca, Zona Norte do Rio, por causa de doença renal. Marina foi a primeira mulher a chefiar o departamento de inteligência da Polícia Civil e também foi responsável pelas prisões de grandes chefes do tráfico de drogas no Rio de Janeiro, como o Uê, Elias Maluco e Marcinho VP. 

 

 

A também ex-deputada federal, na política era filiada ao PPS (Partido Popular Socialista) e quando foi eleita teve mais de 55 mil votos para o seu mandato na câmara de deputados que se encerrou em 2010. Entre os anos 2009 e 2010 presidiu a comissão de segurança pública e combate ao crime organizado da Casa. No ano de 2008, a então deputada também lançou a biografia autorizada, “Dura na Queda”, pela editora Objetiva. 

 

 

 

 

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.