Municípios assinam protocolo para aterro sanitário

Municípios assinam protocolo para aterro sanitário
 

 O Conselho de Secretários Municipais de Meio Ambiente (Cosemma) assina na Câmara de Vereadores de Itaperuna, nas presenças da Secretária de Estado do Ambiente, Marilene Ramos e de prefeitos do Noroeste Fluminense, o Protocolo de Intenções para a instalação do Aterro Sanitário Noroeste II.

A região é décima do Estado do Rio a formalizar projeto para remediação dos lixões, conforme estabelecido em âmbito estadual no Pacto pelo Saneamento, programa desenvolvido pela Secretaria de Estado do Ambiente e que já abrange mais de 60% de todo o território.

Os aterros sanitários são instalados na forma de consórcios entre municípios, a maioria entre quatro e cinco cidades. Devido às condições sócio-econômicas, o Noroeste reúne mais municípios. Com a segunda maior área do Estado (5.370 km) – menor apenas que a região Norte (9.474 km) e maior que a Metropolitana (4.647 km) – a região também concentra os menores indicadores ambientais, de renda e de densidade populacional, com pouco mais de 300 mil habitantes.

O Aterro Sanitário Noroeste II vai beneficiar mais de 200 mil moradores nos municípios de Bom Jesus do Itabapoana, Itaperuna, Varre e Sai, Porciúncula, Natividade, Miracema, Laje do Muriaé, São José de Ubá. O prefeito de Itaocara, Alcione Correa de Araújo participa da reunião para falar da experiência do consórcio formado para instalar o Aterro Sanitário Noroeste I, no município. O Noroeste II será instalado em Itaperuna.
 

 

Fonte: Por Ascom da Secretaria do Ambiente

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.