Niterói divulga praias e obras de Oscar Niemeyer no RMC

Os representantes da Empresa Pública de Lazer e Turismo de Niterói (Neltur) estão de plantão no balcão de atendimento do município mostrando os encantos da “cidade sorriso”
 

2016.08.18-balcão-Niteróil_Fabio-Gonçalves02

 

As belezas e atrações de Niterói, na Região Metropolitana do Rio, estão sendo apresentadas aos jornalistas credenciados no Rio Media Center. Os representantes da Empresa Pública de Lazer e Turismo de Niterói (Neltur) estão de plantão no balcão de atendimento do município mostrando os encantos da “cidade sorriso”, como é chamada carinhosamente pelos moradores. Alguns jornalistas irão conhecer a cidade, o passeio pela cidade terá saídas de hora em hora, dos dias 23 de agosto a 19 de setembro.  Estão previstos quatro pontos de embarque e desembarque. No percurso, os visitantes vão apreciar uma das mais belas vistas do Rio, as obras do renomado arquiteto Oscar Niemeyer – como o Museu de Arte Contemporânea (MAC) -, conhecer o visual das praias da Baía de Guanabara e, por último, a Fortaleza de Santa Cruz, na outra ponta da cidade. Niterói é a segunda cidade do mundo com o maior acervo de obras de Niemeyer. A primeira é Brasília.

 

 

Niterói também tem praias oceânicas de mar aberto, como as de Camboinhas, Piratininga, Itaipu e Itacoatiara, onde pode-se praticar esportes como o surfe e stand up paddle. Além das praias, a Região Oceânica possui a maior extensão de florestas da cidade, como a Serra da Tiririca. Outra atração é o Circuito Turístico Caminho de Darwin, no Engenho do Mato, por onde o naturalista Charles Darwin passou em 1832.

Niterói tem o mais alto Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Estado do Rio de Janeiro e o terceiro do país, segundo a Fundação Getúlio Vargas (FGV), em pesquisa divulgada em 2011. De acordo com a instituição, a cidade tem a maior renda per capita do país, é uma das mais alfabetizadas e apresenta um dos menores índices de pobreza.

Niterói é ligada ao Rio pela ponte de 13 quilômetros de extensão. Outra opção para se chegar à localidade é atravessar a Baía de Guanabara em catamarãs que saem da Praça XV, no centro do Rio, em direção à Praça Arariboia, no centro de Niterói, ou para Charitas, na zona sul.

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.