Plantão Barra: Encontro promovido pela Acija debate o corredor Transcarioca

Previsão é que parte do trecho de Jacarepaguá seja entregue até julho com o BRT já funcionando
 

Por Joici Souza

 

O encontro Café com Negócios, promovido pela Associação Comercial e Industrial de Jacarepaguá, aconteceu na manhã desta segunda-feira (28/01) no restaurante Cara Pintada na Taquara, e teve como principal assunto as obras do corredor Transcarioca que já começaram a ser executadas na região de Jacarepaguá. Na ocasião diversas autoridades falaram sobre o assunto e esclareceram dúvidas de moradores e comerciantes locais.

 

 

O subprefeito da Barra e Jacarepaguá, Tiago Mohamed, falou aos presentes um pouco sobre o corredor que promete facilitar a vida das pessoas que circulam pela região:
“Para quem ainda não sabe, o corredor Transcarioca irá ligar A Barra ao aeroporto do Galeão através de um corredor exclusivo de ônibus. Para realizar esse projeto serão feitas várias intervenções em ruas e avenidas importantes de Jacarepaguá, como a Estrada dos Bandeirantes e Estrada do Tindiba. Lógico que várias adaptações já estão sendo feitas a fim de minimizar os problemas no trânsito, porém é evidente que eles irão acontecer”, falou Mohamed.

 

Como já falou o prefeito da cidade, Eduardo Paes, o que se pede a população é paciência nesse processo.
Segundo o engenheiro da Secretaria Municipal de Obras, Luis Cláudio, os novos percursos que serão usados pelos motoristas, principalmente no bairro da Taquara, já estão sendo implantados, a previsão é que todos estejam funcionado até depois do carnaval, para dessa forma as obras começarem definitivamente. Mas vale lembrar que, segundo o engenheiro e o subprefeito, nenhuma rua será interditada, apenas terão o seu traçado modificado.

 

 

“Logo após o carnaval os desvios já estarão prontos, isso irá minimizar os efeitos no tráfego”, explicou o engenheiro.
Os BRTs que funcionarão no local deverão seguir o mesmo padrão daqueles que já estão rodando na cidade, terão preferência nos cruzamentos, receberão sinalização e também sinais de trânsito, mas passarelas só estão previstas para a Avenida Ayrton Senna na Barra da Tijuca.

 

Durante a explicação do engenheiro, ele falou sobre as estações que estão previstas para existirem, o prazo de execução da primeira fase do projeto, que inclui um trecho da Nelson Cardoso, está previsto para ser finalizado até julho de 2013, sendo que todo o trecho deverá ser entregue até dezembro desse ano, mas com uma ressalva:
“Queremos entregar a primeira etapa já com os BRTs em funcionamento, assim as pessoas poderão se deslocar com mais facilidade da Taquara até a Barra, porém é provável que as estações ainda não estejam prontas, outra empresa está sendo escolhida para fazer essas construções, e ainda está em processo de licitação” Disse Luis Cláudio.

 

O pavimento a ser usado nas pistas do corredor expresso será o rígido (placas de concreto), que de acordo com o engenheiro são mais caros, mas possuem um valor de manutenção mais barato.

 

As obras, como de praxe, começam pela desapropriação dos terrenos, essa fase já está sendo realizada e todos os que tiveram os imóveis desapropriados já foram notificados. As mudanças mais significativas acontecerão na estrada do Tindiba, que em alguns trechos terá mão única, Estrada dos Bandeirantes, que também terá o transito desviado, seguido da Nelson Cardoso.
A fim de conscientizar a população, ainda essa semana, de acordo com Tiago Mohamed, serão confeccionados panfletos com todas as informações sobre as mudanças no trânsito.

 

Uma das principais preocupações expostas durante o encontro por parte dos comerciantes foi a dificuldade dos clientes chegarem a esses estabelecimentos, esse ponto também foi abordado pelo vereador Chiquinho Brazão:
“Acho que é bom ressaltar, e divulgar para as pessoas, que a Taquara não será interditada a nível de comércio durante a obra, é fundamental deixar livre as entradas desses estabelecimentos”, ressaltou ele.

 

Mohamed também reafirmou que muitas linhas de ônibus deixaram de existir com o funcionamento do corredor expresso. Como já explicado anteriormente, haverá linhas mantedoras que levarão os passageiros até as estações.

 

Participaram do debate também o diretor executivo da Acija, Aluízio Cunha, o presidente da Acija, Paulo Antônio Valente, o representante da Cet-Rio, João Machado e o administrador regional de Jacarepaguá, Luis Cláudio.

 

 

 

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.