Decreto autoriza uso público do futuro campo de golfe na Barra

Prazo será de 10 anos a contar de 2016 e já foi assinado pelo prefeito Eduardo Paes
 

O futuro Campo de Golfe na Barra da Tijuca, que continua causando polêmica, poderá ser usado pelo público por 10 anos, o decreto já foi assinado pelo prefeito Eduardo Paes e publicado no Diário Oficial. O prazo será contado a partir de 2016, ano dos jogos olímpicos. 

 

 

As instalações do novo campo de golfe será construído com recursos privados em um terreno que ainda é alvo de uma disputa judicial. Essa foi a contrapartida que a prefeitura exigiu do consórcio vencedor da disputa para mudar as regras urbanísticas da região. Vale lembrar que anteriormente esse prazo seria de 25 anos, porém de acordo com Paes o prazo estabelecido sempre foi de 10 anos e poderia ter acontecido um erro de comunicação.

 

O novo campo de golfe está orçado em R$ 60 milhões e será realizado pela empresa Rio Mar do empresário Pasquale Mauro.

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.