Condomínios da Barra investem em lavanderias

No caso dos hotéis, esta também é uma alternativa que pode ser mais barata para os hóspedes
 

Apostando em um estilo de vida mais moderno, com menos dependência de empregada doméstica, condomínios da Barra da Tijuca – o bairro que mais cresce no Rio de Janeiro e que vai concentrar boa parte das atividades Olímpicas de 2016 – estão criando espaços onde os moradores fiquem menos dependentes de empregadas domésticas. É o caso da Península Way, condomínio Oceano Pacífico (Vila do Pan) e Edifício Barra Family, que dispõem em suas dependências de uma unidade Laundromat, rede de franquias de lavanderias. Além dos condomínios, o hotel Sheraton Barra e a Escola Sesc também contam com unidades de lavanderia Laundromat.

Para os condôminos, em tempo de PEC das Domésticas (proposta de emenda constitucional que vai tornar mais cara a contratação desse tipo de profissional), o serviço de lavanderia é uma mão na roda na hora realizar os serviços domésticos, pois trata-se de uma tarefa que pode ser terceirizada, economizando tempo e dinheiro.

“No sistema self-service da Laundromat, o custo para lavar 10 quilos de roupa é de R$ 20, que ficam limpas e secas em aproximadamente 1 hora. Essa quantidade é maior do que a grande parte das máquinas caseiras, que consomem mais água e energia do que os equipamentos profissionais”, afirma Juan Carlos Lopez, presidente da Laundromat Brasil.

No caso dos hotéis, esta também é uma alternativa que pode ser mais barata para os hóspedes, que lavando as próprias roupas em máquinas alocadas nos corredores do Sheraton Barra, economizam mais dinheiro do que se pedissem para a roupa ser lavada na lavanderia do hotel. Para os alunos da Escola Sesc, que funciona em regime integral, certamente deve ser uma alívio no orçamento para os jovens que ficam longe dos pais.

 

Assessoria

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.