Plantão Barra: COB assina convênio com Escola Naval

A Escola Naval será a 'base náutica' do Time Brasil antes e durante os Jogos Olímpicos Rio 2016
 

Com o objetivo de proporcionar um desempenho melhor para os atletas da vela, polo aquático, tiro esportivo e nado sincronizado, o COB (Comitê Olímpico Brasileiro) e a Marinha assinaram na manhã desta segunda-feira (13/05), na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, um convênio para transformar a Escola Naval em base de treinamento para essas modalidades olímpicas até os Jogos Olímpicos Rio 2016.

 

 

A Escola Naval disponibilizará suas instalações (garagens, oficinas, depósitos, etc.) para a “Base Brasil” da equipe de vela brasileira. A área náutica da Escola Naval será remodelada e ganhará uma nova cobertura para a proteção de equipamentos em relação ao clima, além de novas rampas e guindastes para barcos.

 

As equipes do nado sincronizado e polo aquático terão prioridade para treinamentos nas piscinas da Escola Naval e realização de suas preparações finais para as olímpiadas, além de usufruir de toda infraestrutura do local.

 

A construção do centro de treinamento de tiro esportivo se dará através de um convênio entre a marinha e o Ministério do Esporte, que serão responsáveis pela obra. O COB contratará dois técnicos estrangeiros para a modalidade. A previsão de conclusão das obras é para julho de 2014.

 

O presidente do COB, Carlos Arthur Nuzman, ressaltou que o COB não está investindo em obras, e sim, em melhorias de condições para os atletas. “A importância da Marinha é grande. As instalações da Escola Naval ajudarão a equipe brasileira na preparação para as olímpiadas, além de proporcionar ajuda aos atletas brasileiros com uma ótima estrutura.”, disse Nuzman.

 

O investimento inicial para 2013 será de R$ 350 mil. Além disso, o COB anunciou que está investindo R$ 1,3 milhão na compra de dois barcos para cada classe olímpica que competirá em 2016.

 

Além da presença do presidente do COB, Carlos Arthur Nuzman, a reunião contou com o vice-presidente do COB, André Gustavo Richer, do Contra Almirante da Escola Naval, Anônio Carlos Soares Guerreiro, do superintendente executivo de esportes do COB, Marcus Vinicius Freire, e dos atletas da vela, Torben Grael e Martine Grael, que representaram a delegação brasileira.

 

As equipe de outras modalidades também poderão utilizar as instalações para treinamentos. O local poderá ser utilizado também para intercâmbio com outros países.

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.