PLANTÃO BARRA: Projeto do novo Elevado do Joá é apresentado na CCBT

Principal ligação entre a Zona Sul e a Barra servirá como rota para turistas e atletas que estarão na cidade para a Olimpíada de 2016
 

O Elevado do Joá, que liga a Barra da Tijuca (na Zona Oeste) à Zona Sul, passará por reformas a partir de outubro de 2013, segundo informações do presidente da Geo-Rio, Márcio José Mendonça Machado, na noite de quinta-feira, dia 20 de junho, na Câmara Comunitária da Barra da Tijuca – CCBT, Zona Oeste do Rio, em apresentação para os moradores da região.

 

 

Com a presença subprefeito da Barra da Tijuca, Thiago Mohamed, do presidente da CCBT, Delair Dumbrosck, do vice, David Zee, e de Marcus Bergman, gerente de projeto da Geo-Rio, Márcio José deixou claro que essa será uma solução viável para desafogar o trânsito na região.

 

“Como morador da Barra sei o quanto é difícil esse trajeto entre a Barra e a Zona Sul, e as complicações diárias que acontece no trânsito. Com esse projeto esperamos trazer uma solução que será integrada com metrô para facilitar o fluxo de pessoas e veículos no bairro”, contou.

 

Serão construídos na encosta mais dois túneis de 650m cada e um novo elevado, com 1.150m de extensão. O já existente vai ganhar uma ciclovia de 3.100m, voltada para o mar, e que também se estenderá pelos túneis. As novas pistas terão extensão de cinco quilômetros, cada. A obra custará R$ 489 milhões e o edital com a licitação será publicado dia 3 de julho.

 

 

Segundo Delair Dumbrosck, presidente da Câmara Comunitária da Barra da Tijuca, uma das maiores preocupações do moradores era o trânsito no local. “É uma obra importante e que certamente trará benefícios a todos, mas, além disso, seria necessário também a duplicação da Niemeyer. Um assunto que também precisa ser discutido. Até a conclusão certamente o número de veículos será maior, e precisamos pensar em mais soluções”, acrescentou.

 

Já Thiago Mohamed, subprefeito da Barra, destacou o benefício do projeto. “Estamos felizes em apresentar essa nova obra no bairro. Sei dos transtornos que isso causará e, apesar do aumento do tráfego, a duplicação do novo Joá possibilitará mais facilidade na circulação e desafogará o trânsito”, disse.

 

A intervenção deverá levar dois anos – as obras começam em outubro de 2013 com previsão de término para o 2º semestre de 2015.

 

Veja um vídeo de apresentação do projeto.

 

0 comentários