PLANTÃO BARRA: Prefeitura apresenta esquema para eventos da JMJ no fim de semana

Eventos do fim de semana foram transferidos da Zona Oeste para Zona Sul. O terreno em Guaratiba, onde fica o Campo da Fé, ficou alagado por causa da chuva
 

Em entrevista coletiva realizada na manhã desta sexta-feira (26/07), no centro de mídia da Jornada, em Copacabana, a Prefeitura do Rio apresentou o novo esquema de trânsito da cidade para os eventos deste fim de semana da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), transferidos de Guaratiba, na Zona Oeste do Rio, para a Copacabana, Zona Sul da cidade.

 

Coletiva Prefeitura do Rio. (Foto: Graça Paes / Agência Zapp News/Portal AIB News)

 

Segundo o Comitê Organizador do evento, o mau tempo tornou a realização impraticável, já que as chuvas dessa semana deixaram o local tomado por lama. A vigília, no sábado (27/07), e a missa de encerramento da JMJ, com a presença do Papa Francisco, no domingo (28/07) no Campo da Fé, em Guaratiba, foram para a Praia de Copacabana.

 

Com isso, a caminhada feita pelos jovens até a vigília é uma tradição das Jornadas, terá uma nova rota de 9,5 km. Os peregrinos poderão iniciar o percurso a partir das 7h de sábado (27/07), saindo da Central do Brasil até Copacabana, passando pela Avenida Presidente Vargas, Avenida Rio Branco,  Aterro do Flamengo, Enseada de Botafogo, Rua Lauro Sodré, chegando a Copacabana pelo Túnel Novo na Rua Princesa Isabel, segundo Carlos Roberto Osório, secretário de transportes do Rio.

 

A interrupção do trânsito no Aterro do Flamengo começará à meia-noite desta sexta-feira (26/07), e em Copacabana, o acesso será totalmente bloqueado ao meio-dia de sábado (27/07). Até o fechamento a circulação de ônibus, táxis e carros, será feito somente por duas faixas, as outras duas serão dedicadas aos pedestres.

 

Sobre as interdições no trânsito em Copacabana, Eduardo Paes, prefeito do Rio, pediu a compreensão da população do bairro, que terá um grande evento nesta sexta, sábado e no domingo. “Sabemos dos incômodos e dos constrangimentos que isso gera para os moradores da região, mas faremos o possível para minimizar os efeitos da transferência para Copacabana”, contou Paes.

 

Ao lado do secretário municipal de Transportes, Carlos Roberto Osório, do presidente da Rio Eventos, Leonardo Maciel, do Pe. Renato Martins, um dos membros do Comitê Organizador da JMJ, do Pedro Paulo, Secretário da Casa Civil, e Joaquim Dias, do diretor da Cet-Rio, Paes ressaltou que, na medida do possível, toda a estrutura de Guaratiba será levada para Copacabana. “Reforçaremos o sistema de banheiros, saúde e postos de informações. Além disso, para a vigília, a segurança por todo o bairro será aumentado para manter a tranquilidade de todos”, disse.

 

Esquemas de transporte

 

O transporte público continuara trabalhando com toda a frota na rua, assim como já aconteceu na Festa de Acolhida realizada na quinta-feira (25/07), e acontecerá nesta sexta-feira (26/07). Trens e metrô funcionarão por 24h. Tudo estará integrado com as linhas intermunicipais  – Baixada Fluminense, Niterói e São Gonçalo.

 

Trens e metrôs irão funcionar 24 horas. A linha 1 e 2 do metrô irão até Siqueira Campos. As seguintes estações (4 quatro) estarão fechadas para atender ao aumento de fluxo em direção à Copacabana: Presidente Vargas, Cinelândia, Catete e Cantagalo. Os bilhetes para ida e volta para os eventos do fim de semana poderão ser comprados em qualquer estação, e o cartão peregrino continuará valendo, assim como o bilhete único.

 

Embarque e desembarque

 

Para quem for seguir para Copacabana saindo da Zona Oeste, o limite para desembarque será em Ipanema (Rua Prudente de Moraes). O mesmo vale para embarque com acesso para as linhas de ônibus sentido Barra, Jacarepaguá e Zona Oeste. Funcionará durante todo sábado e domingo.

 

Quem preferir seguir pela Central do Brasil, o limite para desembarque será em frente à Central do Brasil.

 

No dia da vigília, no sábado (27/07), apesar do bloqueio na região, às 21h terá bolsões de saída na Enseada do Botafogo, para quem for seguir em direção à Central do Brasil, e em Ipanema (Rua Prudente de Moraes), com acesso para as linhas de ônibus da Barra, Jacarepaguá e Zona Oeste.

 

Já no domingo, depois da missa de encerramento, os bolsões para embarque de passageiros volta a funcionar nos dois locais.

 

A previsão da prefeitura é que o bairro de Copacabana esteja totalmente liberado às 19h de domingo (28/07).

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.