Notre Dame Recreio faz campanha por um Natal feliz na Creche de Curupaiti, em Jacarepaguá

A ação continua com a arrecadação de livros infantis novos e quem quiser participar deve deixá-los na Secretaria da escola, que fica no Recreio dos Bandeirantes
 

Curupaiti 2013 (66)R

 

‘Começaram, a aparecer presentes em nossa escola endereçados à crianças que não estudavam lá. Eram para o Kevin, para a Yasmin, para o Isac, para o Ronald e outras crianças que a gente não conhecia e descobrimos que eram todos daqui. Foram deixados por Papai Noel, que de tão atarefado estava precisando da nossa ajuda para trazê-los’. Assim a professora do Colégio Notre Dame-Recreio, Diva Jacoby, justificou a entrega dos presentes doados pelas famílias que participaram da campanha ‘Adote uma criança’ para cerca de 80 crianças carentes de 2 a 6 anos assistidas pela Creche Irmã Ancila, na Vila de Curupaiti, Jacarepaguá. A ação continua para arrecadar livros infantis novos e quem quiser participar deve deixá-los na Secretaria da escola, que fica na Avenida das Américas, 19.400, Recreio dos Bandeirantes. 

 

 

 

A campanha do Colégio Notre Dame-Recreio em prol da instituição situada na vila onde vivem famílias de doentes de hanseníase contou com a participação dos estudantes durante todo o ano, aproveitando épocas como Páscoa e Dia das Crianças. Além de envolver amigos e familiares na doação, os voluntários fizeram várias visitas programadas à creche, promovendo atividades recreativas e educacionais. 

 

 

 

Participando das entregas de Natal, os alunos voluntários doaram também carinho e atenção. Alunas do 1 ano do EM, Beatriz Moreira Pantel, 15, Luiza Sampaio, 16 e Isabela Xavier, 15, chegaram a se emocionar com a felicidade e o carinho das crianças atendidas pela creche.

 

 

 

_ É muito bom ver a alegria das crianças. Eles também doam amor  pra gente’, disse Beatriz.

 

 

 

Organizadora das campanhas, Diva Jacoby, acredita que a iniciativa desperta a  solidariedade nos estudantes e a  intenção de fazer caridade nas famílias, além de incentivar a comunidade a se envolver em causas filantrópicas _ ´A boa vontade em doar se aprende ainda na escola´, diz.

 

 

Graciette Grace: Jornalista 

 

0 comentários