PLANTÃO BARRA: Guardas e fiscais do Meio Ambiente resgatam filhote de gavião no Itanhangá

Esse é o terceiro resgate realizado pela equipe da Patrulha Ambiental desde o início da semana
 

 H

A equipe da Patrulha Ambiental, formada por guardas municipais e fiscais da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMAC), resgatou, na tarde desta quarta-feira, dia 8, um filhote de gavião que caiu em uma residência no Itanhangá, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

 

 

Os proprietários da casa, localizada na rua Itália, acionaram os agentes por meio da Central 1746, da Prefeitura do Rio. A ave silvestre foi encontrada caída próximo a uma árvore no terreno da residência. Ela não apresentava ferimentos aparentes, mas seu ninho não foi encontrado. Após avaliação inicial, os guardas municipais e fiscais da SMAC encaminharam o filhote para o Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS) da Universidade Estácio de Sá, em Vargem Pequena, onde passará por avaliação veterinária.

 

 

Esse é o terceiro resgate realizado pela equipe da Patrulha Ambiental desde o início da semana. Uma garça com a asa quebrada e uma tartaruga marinha, da espécie Lora, também ferida, foram resgatadas nas praias de São Bento, na Ilha do Governador, e na praia da Macumba, na Zona Oeste. Os bichos também foram encaminhadas para o CRAS.

 

 

Ao flagrar animais silvestres em área urbana ou em qualquer situação de risco fora do seu habitat, a população pode acionar a equipe da Patrulha Ambiental, por meio do telefone 1746, que funciona 24h.

0 comentários