PLANTÃO BARRA: Reunião 31º CCS anuncia planejamento de segurança para o Carnaval 2014

O comandante do 31º BPM, Tenente coronel Peixoto, também falou das operações realizadas no Morro do Banco
 

Por Joici Souza

 

Foi realizada na manhã de segunda-feira (10/02) a reunião mensal do 31º CCS nas dependências do Condomínio Barramares, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. No encontro, o Tenente Coronel Peixoto adiantou as medidas que serão realizadas para a segurança durante o carnaval na região.

 

Reuniao-31ccs

 

“É bom afirmar que todos os órgãos estão alinhados nesse planejamento. As férias dos policiais serão interrompidas dia 17 de fevereiro e será retomada somente após o carnaval. Haverá um policial sem farda em cada um dos blocos, policiamento do batalhão 24h. Rondas policiais também serão realizadas durante o desfile dos blocos. Será uma operação conjunto”, ressaltou o tenente, mesmo que ainda reuniões ainda não foram realizadas formalmente.

 

O presidente do 31ºCCS, Renato Silveira, ressaltou os valores que parecem ter sido invertidos, ele casos de alguns  assassinatos de policiais que perderam a vida durante o trabalho.

Reuniao-31ccs-2

O Tenente Coronel Peixoto também prestou contas de algumas solicitações que foram feitas em reuniões anteriores.

 

“Em reuniões passadas foi solicitado que fossem feitas mais operações na área das Vargens, e o pedido já foi encaminhado e está sendo analisado, assim que aprovado nós iremos tomar as medidas necessárias para a implantação. Foi pedido também uma atenção maior na entrada do túnel da Grota Funda, e isso já foi providenciado. Mas gostaria de ressaltar mais uma vez que o efetivo do 31º BPM só deverá ser aumentada em junho, conforme já falei anteriormente”, disse.

 

 

Peixoto também falou das operações que estão sendo feitas no Morro do Banco para combater o tráfico de drogas na área: “Em três dias foram feitas nove prisões na região, infelizmente houve uma morte, porém esse não é o nosso objetivo, porém gostaria de ressaltar que nenhum morador correu perigo, e esse é sempre um dos meus objetivos. Estamos fazendo algumas prisões pontuais. A data da próxima operação ainda não está definida, pois precisamos de um apoio dos comandos especiais, mas assim que tivermos uma posição, uma nova operação será realizada”, falou.

 

 

O Comandante dos Bombeiros Renan, compareceu a reunião representando o Tenente Coronel Albucacys. Ele ressaltou a preocupação da falta de um “canal” de acesso para as viaturas dos Bombeiros na Avenida Ayrton Senna, próxima ao Lourenço Jorge, após a retirada do sinal devido as obras:  “Já fizemos vários pedidos para os setores responsáveis e estamos aguardando um resultado para resolver essa questão”.

 

 

O responsável da CET-Rio, João Machado, garantiu que um estudo já foi feito, e que as medidas necessárias estão sendo tomadas.

 

 

O subprefeito da Barra e adjacências, Tiago Mohamed, falou da continuidade das obras que estão sendo feitas na região e falou também da questão do aumento da venda de drogas no Morro do Banco:  “Eu acredito que todas as intervenções que estão sendo feitas na área irão melhorar o trânsito da Barra. Tenho uma questão que gostaria de levantar, eu tenho recebido inúmeras ligações que relatam o medo de moradores no Morro do Banco que garantem que homens armados costumam vem tirando um o sono de muitas pessoas”, comentou.

 

 

O inspetor Edney Teixeira da Guarda Municipal fez um balanço dos números desde janeiro. Ressaltou que dos atendimentos solicitados pelo 1746, 87,61% foram resolvidos dentro do tempo previsto que é de meia hora.

 

 

Moradores reclamaram de várias problemas que preocupam representantes e assessoria, como o aumento de flanelinhas, instalação de equipamentos em caixas eletrônicas (um ladrão foi preso em flagrante por clientes de um banco na Barra), aumento de roubos e falta de segurança. Todos os pedidos foram ouvidos pelas autoridades que prometeram estudar a melhor solução.

 

0 comentários