PLANTÃO BARRA: Presidente da AIB é homenageado na ALERJ

Manuel Lopes recebeu a medalha do Mérito da Vida das mãos do Dr.Lei Seca, Carlos Alberto Lopes
 

Por Graça Paes, RJ

_MG_7824 (640x427)

 

Em uma cerimônia que reuniu vários colaboradores e apoiadores da Lei Seca no Plenário Barbosa Lima Sobrinho, na ALERJ – Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro foi comemorado o aniversário de cinco anos do projeto que já salvou mais de 20 mil vidas, na manhã de segunda-feira, dia 17 de março.

 _MG_7840 (640x427)

 

Também compuseram a mesa de cerimônia o chefe de gabinete da Secretaria de Estado de Governo, Affonso Monnerat, o presidente do Detran, Fernando Avelino,  o presidente da  seguradora Líder, responsável pelo  Seguro DPVAT, Ricardo Xavier, o presidente do Conselho Federal de Administração, Sebastião Luiz de Mello, o diretor de Marketing e Comunicação da Fetranspor, Paulo Fraga, representando o presidente da entidade, Lelis Teixeira, e o responsável pela Área de Projetos Sociais das Organizações Globo, Albert Alcoulombre -representando o presidente das Organizações Globo,  Roberto Irineu Marinho.

  _MG_7865 (640x427)

 

Na ocasião, o fundador e primeiro coordenador-geral da iniciativa, deputado Carlos Alberto (PMN/RJ), entregou 270 medalhas do Mérito da Vida aos responsáveis pela operação, entre funcionários do Departamento de Estradas do Rio (Detran-RJ), agentes da Operação Lei Seca, integrantes do poder público e mídia envolvidos no projeto.

 

_MG_7846 (640x427)

 

O presidente da Alerj, deputado Paulo Melo (PMDB), que também foi homenageado com a medalha, abriu a cerimônia e ressaltou a importância da iniciativa. “A Lei Seca me fez muito mais consciente no trânsito, pois eu também abusava no volante. Hoje eu agradeço pelos meus filhos, pelos meus netos, pelos filhos dos meus amigos, pelas pessoas que tiveram oportunidade de salvar suas vidas em função desse projeto. Hoje pais e mães dormem com mais tranquilidade, mesmo sabendo que seus filhos estão na rua”, disse Melo. Ele também falou sobre as manifestações pacíficas e sobre a luta dos jovens para modificar o que não acham correto no país. “Temos a responsabilidade de zelar pela vida alheia”, acrescentou.  

 

_MG_7859 (640x427)

 

O deputado federal Carlos Alberto,ex-coordenador da Lei Seca agradeceu a todos os que colaboraram com o sucesso do projeto e o fato dele estar sendo disseminado pelo Brasil. Ele chamou os agentes de “intrépidos guerreiros da madrugada” e até mesmo os que já partiram tiveram seus nomes ressaltados. Em seu discurso ele ressaltou que no Brasil, 60 mil pessoas morrem por ano, 500 mil ficam feridas, 230 mil são internadas em hospitais e que R$ 40 bilhões de reais são gastos, anualmente, com tratamentos em decorrências desses acidentes de trânsito. “Esse dinheiro poderia ser usado na educação, na saúde, na segurança pública”, acrescentou.

_MG_7944 (427x640)

Dr.Carlos Alberto Lopes e Manuel Lopes

 

 

O presidente da  AIB  – Associação de Imprensa da Barra, Manuel Lopes, também recebeu a medalha do Mérito da Vida por sua contribuição ao projeto através da Associação de Imprensa e do Portal de Notícias AIB NEWS ajudando a disseminar a importância da Lei na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, um local que sempre foi conhecido pelo alto índice de acidentes automobilísticos. Para Lopes a homenagem tem um grande significado. “A política de governo Lei Seca veio para ficar e é uma das poucas leis que deram certo, conscientiza a população a preservar vidas. Isso pode ser comprovado através da diminuição dos índices de acidente nos últimos cinco anos, principalmente na Avenida das Américas. Me sinto feliz e honrado por ter participado e contribuído nesse processo”, disse Manuel Lopes. 

 

_MG_7940 (640x439) (2) 

Vale lembrar que a operação começou em março de 2009, depois da regulamentação da Lei 11.705/08 – que alterou o Código de Trânsito Brasileiro e a Lei 9.294/96, de restrições ao uso de bebidas alcoólicas –, de autoria do deputado federal Hugo Leal (PSC-RJ). Coordenador de Educação da Operação Lei Seca, Moacir Monteiro lembrou que a fiscalização acontece todos os dias da semana e que junto a ela um trabalho de prevenção é feito. “São 33 cadeirantes vítimas da mistura álcool e direção que fazem um trabalho de conscientização, através de palestras e abordando pessoas nos bares, restaurantes e na rua, tentando mostrar para a população que o que aconteceu com eles pode acontecer com qualquer um”, enfatizou Monteiro.

 

 

A Lei Seca é formada por operações de fiscalização e prevenção, sem data, hora ou local pré-determinados, onde carros são parados aleatoriamente, e os documentos do veículo e do condutor, assim como o percentual alcoólico, através do bafômetro, são verificados.

 

 

 

 convite Missa 5 anos OLS

MISSA EM AÇÃO DE GRAÇAS

Na quarta, dia 19, será celebrada a Missa em Ação de Graças, em homenagem aos 5 anos de atividade da Operação Lei Seca, na Igreja da Candelária, às 9:30 horas. 

 

Vídeo:

 

 

Galeria de fotos do evento:

 

Fotos de Graça Paes/Portal AIB NEWS/AIB

 

Fotos:  Graça Paes

Vídeo: Wanderson Awlis

Colaboração: Joici Souza

 

 

 

0 comentários