Rock in Rio confirma duas próximas edições: Lisboa, em 2018, Rio de Janeiro, em 2019

O impacto econômico do Rock in Rio para a cidade do Rio de Janeiro está estimado em 1,4 bilhão de reais e atraiu mais de 400 mil turistas
 

IMG_7724

 

A organização do Rock in Rio anuncia que está confirmada a edição de 2019 no Brasil do maior festival de música e entretenimento do mundo e já contam com Doritos e Ipiranga como patrocinadores oficiais da próxima edição. O festival, que nesta edição cresceu, vendeu 700 mil ingressos para os sete dias de evento e ocupou 300 mil m2 na parte privada do Parque Olímpico, na Barra da Tijuca.

 

IMG_7705

 

Em sua nova casa, o Rock in Rio consolidou toda a sua crença na Cidade do Rio de Janeiro, onde acontece em 2019, a oitava edição no país.  “O rock in rio é a certeza de que podemos e conseguimos resgatar a felicidade e a autoestima do brasileiro. Não vamos abrir mão da sua raiz e de onde demos vida a todos os nossos sonhos. Estamos aqui, vendo nestes sete dias, que é possível sim transformar vidas e trazer alegria para as pessoas”, garantiu Roberta Medina, lembrando que além de um grande público presente da Cidade do Rock para viver esta experiência, cerca de 20 mil pessoas foram empregadas diretamente contribuindo de forma fundamental para que o espetáculo aconteça. Além da edição do Brasil, em 2018 o Rock in Rio desembarca pela oitava vez em Lisboa (Portugal), onde acontece desde 2004.

 

IMG_8611

 

Ao todo foram mais de 98 horas de música ao longo de sete dias e mais de 500 atrações. Assim foi o Rock in Rio 2017, que aconteceu nos dias 15, 16, 17, 21, 22, 23 e 24 de setembro, no Rio de Janeiro, na edição que o maior evento de música e entretenimento do mundo ganhou nova casa – a parte privada do Parque Olímpico, com muitas áreas de entretenimento e experiências para seus visitantes.

 

 

A nova Cidade do Rock surpreendeu os visitantes com áreas inéditas

Não foram apenas as apresentações dos palcos Mundo, Sunset, Rock Street, Street Dance e Eletrônica, com suas atrações diárias, que animaram o público. Este ano, as estreantes Rock District, Digital Stage, Gourmet Square e Game XP, deixaram os visitantes extasiados e com ainda mais opções de lazer dentro do parque, que se tornou um verdadeiro parque temático da música. Somente pelas arenas da Game XP passaram mais de 360 mil pessoas durante todo o evento.

 

 

Outro ponto alto para quem chegou cedo nos dias de festival foram os brinquedos. Um total de 136.426 pessoas passaram por atrações como a famosa tirolesa da Heineken (7.806 pessoas), os empolgantes mega drop da Doritos (31.501 pessoas) e montanha russa da Ipiranga (40.095 pessoas) e pela sempre concorrida roda gigante do Itaú (57.024 pessoas).

 

 

Dentro da Cidade do Rock, as empresas parceiras do festival também alcançaram índices que superaram as expectativas iniciais. No ramo alimentício, foram consumidos mais de um milhão de copos de chopp (Heineken). No Habib’s foram consumidos 39 mil potes de sorvetes e 200 mil esfihas, além de 27 mil cachorros quentes (Geneal), 50 mil cones de batata frita, 54 mil unidades de Doritos, 35 mil unidades de Cup Noddles e 60 mil unidades de pizzas. Já a Niely, levou para a Cidade do Rock dois salões de beleza, um no Village e outro na área VIP. Nos sete dias de evento foram realizados quase oito mil penteados. E a Maybelline, fez um total de 2.500 maquiagens somando seus espaços. Já as lojas oficiais do Rock in Rio venderam mais de 35 mil camisas, 28 mil pins, 17 mil chaveiros, 12 mil bonés e seis mil cangas, em suas lojas espalhadas pela Cidade. A Chilli Beans comercializou 2.100 pares óculos.

 

Fotos de Graça Paes/Zapp News 

0 comentários