Rock in Rio: público chega cedo e aproveita toda a Cidade do Rock até o último minuto

A galera curtiu todas as atrações e os brinquedos
 

 

IMG_7045

 

 

Rock in Rio deu as boas-vindas ao público no sábado, na Cidade do Rock, com uma programação intensa e animada que começou logo na espera pela abertura dos portões, às 14h, com o Celebrate – que anima o público do lado de fora – e que se estende ao longo de todo o evento com opções de entretenimento, bem estar, dança e muita música. São atrações para todos os gostos, que proporcionam uma experiência cheia de cultura, diversão, ritmo, sons e sabores.

 

IMG_7023

 

 

O que também foi  unanimidade entre os visitantes do festival foram as experiencia inesquecível nos brinquedos. A roda gigante, estrategicamente localizada na parte central da Cidade do Rock, é uma das maiores atrações.  A empresária Lúcia Kolin e seu marido, Vicente Lopes, estavam ansiosos para ir na roda-gigante. “Valeu muito entrar no brinquedo. Sempre sonhei em estar aqui com o amor da minha vida. A vista é incrível”, comentou Lúcia. Já Vicente aproveitou para fazer imagens incríveis do Rock in Rio. “São fotos que vou guardar para sempre. Recomendo muito subir na roda gigante”, afirmou.  

 

 

Quem procura um pouco mais de adrenalina, deve seguir para o Mega Drop, uma queda livre de 40 metros em apenas quatro segundos para quem aguenta fortes emoções. A publicitária Adriane Azeredo encarou o desafio. “Na subida a gente fica divido entre o o frio na barriga e a vontade de aproveitar a vista linda para a lagoa. Quando o brinquedo é acionado parece que a gente está voando! Eu quase não conseguia respirar, mas é uma sensação incrível. Se eu pudesse, entrava na fila novamente”, comentou aos risos logo após sair do brinquedo.  

 

 

Gourmet Square é point obrigatório para repor as energias

O dia na Cidade do Rock é cheio de atividades, com uma grande variedade de atrações do primeiro ao último show. Para ter pique até o final, é necessário recarregar as energias. A Gourmet Square, um espaço de mil metros quadrados climatizado, tem se mostrado o local perfeito para se preparar e se recuperar antes ou depois dos shows. Muitos dos frequentadores da área têm optado pelos sanduíches Boi Bebum, com 200 gramas de carne temperada com especiarias e cerveja preta e o Porco em Cana, com 200 gramas de carne acompanhada de barbecue artesanal de rapadura. Foi o caso dos irmãos Odirlei e Edgar Gogo, que vieram com a família: “A carne é muito saborosa e macia, compramos os dois sabores para provar o de boi e de porco”, contou Odirlei.

 

 

Para o chef, a parceria está rendendo frutos. “Essa é a primeira vez que a marca Ogro.Jimmy é apresentada ao público e já estamos negociando participação no Rock in Rio Lisboa. A preparação das receitas é toda artesanal. Compramos as carnes, os vegetais que vão compor os sanduíches e também fazemos todos os molhos”, detalha Jimmy McManis, acrescentando que “é um orgulho incomparável participar do maior festival de rock do planeta”.

 

 

Star Wars invade Arena Game XP

Faltando pouco menos de três meses para o lançamento do esperado “Star Wars: Os Últimos Jedi”, o público lotou a Oi Game Arena, da Game XP – evento que proporciona experiências de jogos eletrônicos ao público do Rock in Rio 2017 – para conferir de perto a primeira aparição do simpático droide BB-8 no Brasil.

 

 

O robozinho rolou pelo palco durante o pocket show do DJ Elliot, que toca nos eventos de Star Wars em Orlando e nos parques da Disney ao redor do mundo, e chegou a apresentar uma versão funk do tema da franquia. A parte musical também contou com um medley da trilha sonora estelar misturando o rock com música clássica, com a participação do guitarrista do Sepultura, Andreas Kisser, e Lucas e Moisés Lima, da Família Lima. Ao final, o público assistiu a um trailer inédito do filme, que estreia em 15 de dezembro.

 

 

Digital Stage tem interação de sobra com o público

Quem passou pelo Palco da Digital Stage hoje pode conferir a cantora Ana Gabriela em uma apresentação repleta de músicas de artistas que se apresentam no Rock in Rio, como os Titãs. Sara Giovana, mineira de Belo Horizonte, veio assistir ao show do Guns N´ Roses, e também da youtuber que soma mais de 110 milhões de visualizações em seu canal. “Adorei a ideia desse palco. Nunca imaginei ver de perto essa galera que faz sucesso na internet e hoje pude curtir a Gabriela, que já acompanho nas redes sociais, cantando ao vivo”, disse a estudante. A analista de marketing digital, Ariele Bichucher, adorou as atrações do Digital Stage. “Foi o palco que mais teve interação com o público presente”, afirmou Ariele. Para a aposentada Gleide Câmara, que foi em todas as edições do Rock in Rio, achou a nova Cidade do Rock uma Disney brasileira. “O amor pelo festival passa de geração em geração. Hoje, trouxe todos meus filhos e estamos vivendo um momento mágico”, contou.

 

 

Dinho Ouro Preto e calçada da fama na Rock District

O vocalista do Capital Inicial, Dinho Ouro Preto, foi a grande atração do palco, levando ao delírio o público que lotou o gramado da Rock District com clássicos do punk rock. A calçada da fama, também chamou a atenção dos visitantes. A fotógrafa pernambucana Fátima Bento veio de Caruaru para assistir ao Guns N’Roses e aproveitou para registrar o momento com a estrela da banda. “Quando vi na televisão que tinha essa calçada, já cheguei à cidade direto para a estrela da minha banda favorita”, ressaltou.

 

 

Casamento com trilha de musical

Às 17h, o público já era grande na frente da Capela do Rock Rio, encantando a todos com a superprodução da cerimônia, que contava com coral, juíza de paz, fotógrafo e filmagem. Rafael e Regina Carvalho, tiveram mais de 5 mil votos no site do festival e são um dos sete casais escolhidos para casar na Cidade do Rock. O filho do casal, que também se chama Rafael, levou as alianças e fez questão de dar as mãos à mãe na saída da capela, no lugar do pai, que achou graça da situação e veio logo atrás da dupla. Canções do musical “O Fantasma da Ópera” e da banda Aerosmith estavam no setlist da cerimônia.    

 

IMG_7087

 

Ginga, reggae e funk no Palco Sunset

O grupo Quebales abriu o palco Sunset tocando em latas de lixo recicladas. O público vibrava com a apresentação quando Margareth Menezes, convidada do show, entrou cantando “I’m Fe” e “Faraó”. Di Ferrero, da banda NXZero, também participou em músicas como “Cedo ou Tarde” e “Passe em Casa”. A tarde seguiu com o reggae do Cidade Negra, segundo grupo a se apresentar no palco. Ao lado de Digitaldubs e maestro Spok, a banda apresentou clássicos de Gilberto Gil como “Novidade” e Realce”. Luis Carlos Herrera veio com filha, genro e amigos para o Rock in Rio. Apesar de estar vestido com a camisa da sua banda favorita, Guns N’Roses, adorou a combinação do Cidade Negra com Digital Dubs no Palco Sunset: “Eu sou suspeito para falar já que adoro reggae. A combinação que aconteceu aqui no palco foi muito boa”, declarou.

 

IMG_7176

A poderosa Karol Conka foi a convidada da banda colombiana Bomba Estéreo. A brasileira levou a plateia ao delíriocom os sucessos “Tombei” e “Lalá”. A banda Bomba Estéreo homenageou as mulheres ao dedicar a elas a música “Flower power”. “Foi um espetáculo de show! A Karol é diva demais. Adorei a mistura Brasil e Colômbia”, disse Bianca Camister, estudante, e moradora do Rio de Janeiro. 

 

 

O encerramento do Sunset com o show de CeeLo Green colocou o público para dançar até o chão, além de surpreender ao tocar o funk “Deu onda”, do MC G15. O artista soube interagir com os visitantes e não parou nenhum minuto. “O cara tem a música negra na alma. Grande orgulho poder estar aqui para assistir”, disse Charles Menezes, advogado, morador de Campinas, São Paulo. A brasileira Iza, convidada do CeeLo, também agitou o público e foi muito aplaudida ao pedir cuidado com a Amazônia.  

 

 

Palco Mundo

Os Titãs abriram a noite de sábado no palco Mundo do Rock in Rio com uma performance empolgante e um repertóriorepleto dos maiores clássicos da banda. Ao tocar “Epitáfio”, o tecladista Sérgio Britto fez um pedido: “Que essa música seja a oração pela paz”, desejou. “Diversão”, “A a u u”, “Sonífera ilha” e “Cabeça Dinossauro” foram as mais cantadas para delírio do público. 

 

 

Segunda banda a pisar no palco Mundo, o Incubus fez bonito em sua estreia no Rock in Rio. O vocalista Brandon Boyd comandou o show com doses de um rock mais pesado e um ritmo mais alternativo. “Eles fizeram um show para mostrar que deveriam estar mesmo no palco Mundo e nesse dia com o Guns e o The Who. Foi espetacular e só cantaram músicas boas”, citou Ana Clara Soares, estudante, do Rio de Janeiro. Entre os hits, o Incubus apresentou “Anna Molly”, “Wish you were here” e “Love hurts”.

 

 

O tão esperado momento do show do The Who no Rock in Rio enlouqueceu os fãs da mítica banda, que tocou pela primeira vez no Brasil. A abertura com a clássica “I can explain” foi a chama para emocionar ainda mais o público. “Cara, eu não acredito que vivi esse momento. Esperei quase um século para isso. Não vou negar que meu coração disparou quando começou o show. Acho até que segunda-feira tenho que ir no cardiologista para ver se está tudo bem”, brincou Alexandre Moura, de 57 anos, fã da banda. Durante o show, Pete Townshend interagiu diversas vezes com o público, brincou que muitos não tinham nascido quando músicas da banda foram criadas e garantiu que o público sairia da Cidade do Rock em “pedaços”. “Who are you”, “Substitute” e “The kids are alright” foram muito cantadas em uma apresentação que já entra para história de todas edições do Rock in Rio.

 

 

As três horas e meia de show dos Guns N’ Roses não deu respeito ao público que não arredou o pé do Palco Mundo e acompanhou com muita empolgação todos os sucessos. Clássicos como “Sweet Child of Mine”, “Patience”, “November Rain” estavam no repertório, que terminou ao som de “Paradise City”. Um dos momentos mais ovacionados foi o solo de guitarra de Slash na música “Coma” que deixou a plateia iluminada com os celulares que registravam o momento. Em ‘Welcome to the jungle’, o público cantou tão alto que quase não dava para ouvir o som do palco. Foi um show dos fãs presentes no Rock in Rio. Os artistas estavam felizes com a apresentação e isto estava mais do que evidente. Axl, Slash e Duff reencontraram o prazer de tocar juntos e quem ganhou foi o público em um espetáculo extasiante. 

 

Fotos Graça Paes/Zapp News

 

0 comentários