Dilma inaugura obras em Sergipe

De acordo com o governo de Sergipe, a construção – com 1.712 metros de extensão e 14,2 metros de largura sobre o Rio Piauí – é a maior ponte fluvial do Nordeste
 

A presidentae Dilma Rousseff viajou hoje (29) para Sergipe com o objetivo de inaugurar duas grandes obras no estado. A primeira, marcada para as 9h30 no horário local (10h30 no horário de Brasília), é a da Ponte Gilberto Amado, que faz a interligação do litoral sul do estado com o litoral norte da Bahia. Às 11h30, no município de Barra dos Coqueiros, na região metropolitana de Aracaju, ela inaugura o parque eólico.

 

De acordo com o governo de Sergipe, a construção – com 1.712 metros de extensão e 14,2 metros de largura sobre o Rio Piauí – é a maior ponte fluvial do Nordeste. Construída com recursos federais, por meio do Ministério do Turismo e do Banco nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), e contrapartida do governo do estado, a Ponte Gilberto Amado (entre os municípios de Estância e Indiaroba) recebeu investidos superiores a R$ 124 milhões.

 

A ponte faz parte do projeto de integrar todo o litoral do estado e reduz a distância entre Aracaju e Salvador, com a ligação entre as duas capitais totalmente por via costeira. Além de encurtar distâncias, a Ponte Gilberto Amado deve ajudar a diminuir o fluxo de veículos que circulam na BR-101, que está sendo duplicada. Primo de Jorge Amado, Gilberto Amado nasceu em 1887 em Estância, próximo de onde a ponte será inaugurada hoje. Ele – que morreu em 1969, no Rio de Janeiro – foi jornalista, escritor, político e embaixador. 

 

Agência Brasil

 

O parque eólico, segunda inauguração de hoje, tem capacidade instalada de 34,5 megawatts (MW), o suficiente para abastecer uma cidade de 120 mil habitantes, de acordo com o governo de Sergipe. O parque é formado por 23 torres de 100 metros de altura.

 

A presidente Dilma ainda fará a entrega, em Barra dos Coqueiros, de 20 retroescavadeiras a para 20 municípios sergipanos com até 50 mil habitantes. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Agrário, as máquinas, que custaram R$ 3,5 milhões, devem beneficiar aproximadamente 107 mil moradores da área rural.

 

O objetivo das máquinas é melhorar as estradas secundárias, usadas pelos produtores rurais para levar seus produtos para comercializar nas cidades. O ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, também participará da entrega.

 

Dilma ainda almoçará, às 14h, com o governador de Sergipe, Marcelo Déda, no Palácio de Veraneio, em Aracaju, e, às 15h30, retorna a Brasília. O horário previsto de chegada à capital é 18h10. Logo depois, às 18h30, a presidente recebe o ministro da Fazenda, Guido Mantega, no Palácio da Alvorada, sua residência oficial.

 

Agência Brasil

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.