Fotógrafo do Estadão vence prêmio internacional de jornalismo pela segunda vez consecutiva

Em 2012, ele foi eleito o autor do melhor trabalho na mesma categoria em que venceu em 2013, “Fotografia”.
 

Repórter fotográfico do Grupo Estado, Wilton Junior, de 38 anos, foi o grande vencedor da categoria “Fotografia” do Prêmio Internacional de Jornalismo Rei da Espanha, informou a agência Efe na manhã desta quinta, 24.  A imagem vencedora foi publicada na edição do Estadão de 24 de junho de 2012 e registra a manifestação de indígenas no Rio de Janeiro durante a realização da ‘Rio + 20’.

 

 

À Efe, o fotógrafo brasileiro comentou sobre o material vencedor da edição deste ano. Para ele, a imagem, que ilustrou a matéria intitulada “Índios adotaram estratégias diferentes”, representa a válida manifestação de um grupo que busca o que lhe é de direito. “O poder da foto premiada é que mostra um grito de liberdade; mostra um povo realmente lutando por seus direitos”.

 

 

Com o prêmio de agora, Wilton Junior conquistou a dobradinha na premiação internacional. Em 2012, ele foi eleito o autor do melhor trabalho na mesma categoria em que venceu em 2013, “Fotografia”. Foto também publicada pelo Estadão, veículo em que trabalha desde 2001, dava a sensação de que a presidente Dilma Rousseff tinha sido perfurada por uma espada ao participar de cerimônia militar em Resende (RJ). O material também venceu o Esso de Jornalismo do ano passado.

 

 

wilton_junior_-_premiado_-_efe

Wilton Junior exibe as fotos premiadas (Imagem: Reprodução/Efe)

 

wilton-foto-premiada-2012

Foto de Wilton Junior publicada pelo Estadão em 2011 mostra Dilma em evento militar

 

rio_20_indios_wilton_junior_ae_18062012_600
Registro de manifestação de indígenas também rendeu premiação ao repórter fotográfico do Grupo Estado
 
Fonte: Comunique-se
 

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.