Fundo do Audiovisual seleciona 51 projetos de longa-metragens para a defesa oral

De acordo com a Ancine, após concluída a etapa da defesa oral das propostas, deverá ser divulgado, em fevereiro, o resultado final da chamada pública
 

Cinquenta e um projetos de longa-metragens, apresentados por 43 produtoras brasileiras, são os finalistas do processo seletivo da chamada pública Prodecine 01/2012, do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA). O anúncio foi feito pela Agência Nacional de Cinema (Ancine) e pelo Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul. A etapa seguinte do processo seletivo consiste na defesa oral das propostas, que ocorrerá até o final deste mês na sede da Ancine, no Rio de Janeiro.

 

 

Entre os 51 projetos convocados para a defesa oral estão cinco selecionados por meio do mecanismo criado para incentivar a produção independente em todo o Brasil. Com isso, serão apresentados ao comitê de investimento do FSA dois projetos de longa-metragens de produtoras do Paraná, dois da Bahia e um de Pernambuco.

 

 

De acordo com a Ancine, após concluída a etapa da defesa oral das propostas, deverá ser divulgado, em fevereiro, o resultado final da chamada pública. Os projetos aprovados receberão R$ 50 milhões em investimentos para a produção dos filmes.

 

Agência Brasil

0 comentários