Mais de R$ 92 milhões investidos em 100 obras na rede estadual de ensino

Mais de R$ 92 milhões investidos em 100 obras na rede estadual de ensino
 

 

Mais de 100 obras irão beneficiar a rede estadual de ensino . Os investimentos em mais de 100 obras de construção, reconstrução, reforma e ampliação, além de manutenções preventivas e corretivas nas unidades de ensino da rede estadual, foram executados pelo Governo do ES em 2012. O Estado também é parceiro dos municípios, assinando convênios com as prefeituras para realizar intervenções em escolas da rede municipal. De janeiro a dezembro de 2012 foram investidos R$ 92.765.642,25 milhões em obras e convênios com municípios.

 

As obras contemplaram, em 2012, 31 municípios, situados em todas as regiões do Espírito Santo, inclusive em áreas atendidas pelo Programa Estado Presente e as de assentamentos rurais. São 76 escolas estaduais que estão com manutenções em andamento. Nesse tipo de obra, entre outras intervenções, são realizadas trocas de telhado, pintura interna e externa, substituição de piso, reforma nos banheiros, muro, reparos nas redes elétricas e hidrossanitária, sempre de acordo necessidades da unidade de ensino.

 

Outras 30 escolas passam por obras de reforma, construção e reconstrução. Por meio de convênios, também estão sendo recuperadas 23 escolas municipais. Há, ainda, mais 13 escolas da rede estadual que passaram por obras e foram entregues ao longo de 2012. As escolas são: Ary Parreiras e Manoel Paschoal de Oliveira, em Cariacica; Conde de Linhares e Honório Fraga, em Colatina; Senador Dirceu Cardoso, em Muqui; Vila Nova de Colares, na Serra; Wallace Castelo Dutra, em São Mateus (Guriri); Guarapari, em Guarapari; Professor Elpídio Campos de Oliveira, em Montanha; Cândido Portinari, em Sooretama; Leogildo Severiano de Souza, em Brejetuba; Aflordízio Carvalho da Silva, em Vitória; e Emir de Macedo Gomes, em Linhares, sendo que as duas últimas referem-se à primeira etapa da obra.

 

O investimento em obras nas escolas é uma das prioridades do Governo do capixaba que, inclusive, criou novas regras para reforçar a manutenção da estrutura física das unidades de ensino, como a Meta 10 no Programa Estadual Dinheiro Direto na Escola (PEDDE) da Secretaria de Estado da Educação (Sedu).

 

Por essa meta, a partir de 2013, todas as unidades de ensino com Conselho Escolar em funcionamento – em torno de 450 – vão receber anualmente R$ 15 mil para realizar pequenos reparos. “Equipamentos de boa qualidade são fundamentais para alcançar melhores resultados no processo ensino-aprendizagem, no qual professores, estudantes e demais moradores são beneficiados”, lembra o gerente de Rede Física Escolar da Sedu, Alexandre Aquino de Freitas.

 

Ag Congresso – Com informações Portal do ES.

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.