Apple perde o direito de usar nome iPhone para celular no Brasil

A Gradiente registrou o termo em 2000, sete anos antes do lançamento do celular feito por Jobs
 

O Instituto Nacional de Propriedade Industrial, INPI, rejeitou o uso da marca iPhone pela gigante da tecnologia Apple, tanto em celulares quanto em aplicativos no Brasil. A próxima edição da revista feita pelo órgão, que está prevista para ser lançada dia 5, já terá essa decisão publicada. O direito exclusivo de uso será da companhia Gradiente, que em Dezembro de 2012 lançou um aparelho com o nome, foi o início da polêmica disputa.

 

Vale ressaltar que essa não é a primeira vez que a Apple passa por esse problema, nos EUA a detentora dos direitos sobre a marca iPhone em 2007 era a empresa Cisco, que na ocasião processou a Apple, mas terminou concordando em assinar um acordo com a empresa de Steve Jobs.

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.