Como tratar o esgotamento, stress e o cansaço através da acupuntura

Dra. Aparecida Enomoto dá dicas de como tratar os sintomas de forma saudável
 

Anda irritado com facilidade? Tem dificuldade para dormir? Tontura? Perdendo a memória? Sim, isso pode ser um sinal de esgotamento ou de stress. E caso mais de três sintomas sejam observados e os exames laboratoriais não apresentem resultados, a Medicina Tradicional Chinesa pode ajudar. Veja lista completa de sintomas abaixo.

 

 

Trânsito, cobranças, alta no combustível, cartão de crédito, metas no trabalho… Existe uma lista imensa de preocupações que fazem parte do dia-a-dia de todos os brasileiros. E as consequências dessa vida estressante podem ser muito prejudiciais ao nosso corpo, causando um cansaço excessivo, falta de estimulo, perda do desejo sexual, entre outras coisas que lotam os consultórios médicos.

 

 

A acupuntura já é uma velha conhecida nos tratamentos anti-stress “O efeito da acupuntura é uma resposta do (S.N.C.) Sistema Nervoso Central em defesa ao organismo, até mesmo quando se trata de stress ou cansaço, o estimulo neurológico libera através dos feixes nervosos determinados hormônios da alegria e do prazer trazendo bem estar e equilíbrio, explica Dra. Aparecida Enomoto.”

 

 

Os pacientes que optam por este tipo de tratamento terão um alivio temporário imediato e um ótimo resultado ao final do tratamento, “Acupuntura não trata os sintomas ou queixas, trata a pessoa como um todo. O tratamento pode ser feito em 12 sessões se necessário com ajuda  da fitoterapia chinesa”, explica a Dra. Aparecida Enomoto. A acupuntura não tem contra indicações e pode ser feita em indivíduos de qualquer idade ou sexo, salvo pacientes com baixa imunidade em tratamento de quimioterapia. Um bom profissional tem capacidade para tratar uma pessoa com esgotamento ou estresse, evitando futuras doenças” finaliza a dra. Aparecida Enomoto.

 

 

 

Sintomas:

Irritabilidade; dificuldade para dormir; problemas com a memória; vertigem; tontura; boca seca; náusea; diarréia; perda da libido; sudorese; mãos frias ou úmidas; inquietação; tensão ou dor muscular; fraqueza; cansaço; aumento da frequência urinaria; tristeza; desanimo; exaustão.

 

 

0 comentários