Correios contratam internet móvel para que carteiros atualizem status de entregas de encomendas

A expectativa dos Correios é que, até o final deste ano, todos os carteiros utilizem smartphones em suas entregas
 

A empresa de telefonia Claro venceu o leilão dos Correios para contratar os serviços de telefonia móvel que vão permitir o rastreamento em tempo real das encomendas enviadas pelo Sedex 10. A partir de maio, carteiros dos 14 estados onde o serviço é oferecido vão utilizar aparelhos de telefone celular com acesso à internet (smartphones) para atualizar o status da entrega.

 

 

A oferta vencedora foi R$ 1, 97 milhão e deverá garantir acessos móveis de dados e voz e aparelhos de smartphones em sistema de comodato para carteiros de todos os locais onde o Sedex 10 é entregue. No total, serão contratados serviços para 2.482 linhas telefônicas, com valor unitário de R$ 50,80.

 

 

Os smartphones terão o aplicativo Sistema de Rastreamento de Objeto (SRO) móvel, desenvolvido na plataforma Android por profissionais da área de Tecnologia dos Correios e devem começar a ser utilizados a partir de maio, quando deve ser concluído o período de treinamento dos carteiros. Segundo os Correios, a adoção da tecnologia garante mais agilidade e dá maior qualidade às informações de rastreamento. A utilização de smartphones para registrar em tempo real a entrega de encomendas do Sedex 10 foi testada com sucesso em Bauru (SP).

 

 

A expectativa dos Correios é que, até o final deste ano, todos os carteiros utilizem smartphones em suas entregas. Para isso serão necessárias novas licitações, que ocorrerão de forma descentralizada em cada estado e devem garantir a contratação de aproximadamente 50 mil acessos móveis, com o respectivo fornecimento de aparelhos.

 

Agência Brasil

0 comentários