Veículos de comunicação do Senado terão canal para críticas e sugestões

Leitores poderão entrar em contato direto com o ombusdman
 

 

O Senado criou o cargo de ombusdman, que ficará responsável por fazer uma avaliação diária sobre a cobertura jornalística dos veículos da Casa, além de receber e responder críticas, dúvidas, elogios e sugestões da sociedade. A senadora Ana Amélia (PP-RS) elogiou a iniciativa e disse que a medida vai garantir o equilíbrio e a imparcialidade no noticiário da Casa.

 

– A instituição tem a obrigação de abordar todos os temas de maneira equilibrada. Não se pode imaginar que fique a serviço de um ou outro grupo dentro do Senado. Deve dar cobertura igualitária a todos os parlamentares – disse a senadora.

 

O diretor da Secretaria de Comunicação Social do Senado, Fernando César Mesquita, disse que a criação do cargo de ombudsman tem objetivo de melhorar a qualidade da informação oferecida aos leitores, ouvintes e telespectadores dos veículos da Casa e aperfeiçoar o trabalho da TV, da Rádio, do Jornal e da Agência Senado.

 

– É uma forma de o cidadão fazer valer os seus direitos, e protestar, reclamar, dar sugestões, visando aperfeiçoar. É o nosso caso aqui. O ombudsman tem o papel de contribuir para o aprimoramento do trabalho – disse.

 

A Secretaria Especial de Comunicação Social (SECS) divulgará como a população poderá se manifestar por meio de e-mail, telefone e redes sociais. O órgão deverá encaminhar as queixas, dúvidas, sugestões e elogios aos setores responsáveis. O ombusdman terá um prazo de 24 horas para responder as questões apresentadas, apresentar soluções ou informar o encaminhamento das demandas. O servidor indicado deve exercer a função por até dois anos, sem a possibilidade de recondução para o cargo.

 

Agência Senado

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.