Governo libera recursos para recuperar galpões do Arquivo Nacional

Termo de Cooperação para Descentralização do Crédito Orçamentário já foi assinado pelo diretor-geral do Arquivo Nacional
 

Após 20 dias depois da chuva que alagou alguns galpões do Arquivo Nacional no Rio de Janeiro, o Ministério da Justiça liberou R$ 2,47 milhões para obras emergenciais nos blocos A, B, C, D e P.

Os prédios A, B e C e P formam o conjunto arquitetônico tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e foram os mais atingidos pela chuva, que atingiu 130 caixas com documentos, incluindo alguns da época de dom João VI e da ditadura militar.

O Bloco D havia sido inundado pelas chuvas de janeiro e os arquivos, a maioria da antiga Fundação Nacional do Bem-Estar do Menor (Funabem), encontravam-se em pior estado.

O Termo de Cooperação para Descentralização do Crédito Orçamentário foi assinado pelo diretor-geral do Arquivo Nacional, Jaime Antunes da Silva, e pelo diretor de Programa do Ministério da Justiça, Orlando Magalhães da Cunha.

 

Agência Brasil

0 comentários