Procon faz operação para verificar qualidade dos pescados vendidos no Rio

agentes do Procon estão verificando as condições dos locais de armazenamento e venda dos produtos
 

Às vésperas da Semana Santa, fiscais do Procon do Rio de Janeiro fazem hoje (20) uma grande fiscalização em mercados de peixes para verificar a qualidade dos pescados que estão sendo vendidos. A Operação Procurando Nemo atende a um pedido da Secretaria de Proteção de Defesa do Consumidor (Seprocon) para prevenir a venda de peixes de baixa qualidade na Semana Santa.

 

Além da qualidade do pescado, agentes do Procon estão verificando as condições dos locais de armazenamento e venda dos produtos, a higiene do local e a possibilidade de fraudes, no caso de um estabelecimento vender um peixe que foi anunciado como outro. Segundo o presidente do Procon-RJ, Rodrigo Roca, a fiscalização estava prevista apenas para a semana que vem, mas porém, para não prejudicar o consumidor, foi antecipada. “Antecipamos a data de fiscalização para não atrapalhar o consumidor que comprará o peixe na semana que vem e poder prevenir [problemas com] a qualidade do produto para os [consumidores] que compram com antecipação, a fim de evitar tumultos”. Segundo ele, a fiscalização vai continuar após o feriado da Semana Santa.

 

Ele explicou que os comerciantes que não estiverem de acordo com as normas de venda poderão sofrer punições que vão desde advertências e multas, de em torno de R$ 500 a R$ 7 milhões, à cassação do registro de estabelecimento. “Nosso objetivo não é apenas flagrar os infratores e sim conscientizá-los, pois hoje ele é fornecedor, mas amanhã virá a ser consumidor. A ideia é punirmos cada vez menos, chegar ao  local e tudo estar conforme o esperado”, completou.

 

Fonte – Ag Brasil

 

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.