Estudo atualiza custos de produção para quatro culturas em Goiás

A Conab pretende também atualizar os pacotes tecnológicos dos custos de produção de várias culturas vinculadas à Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM)
 

Nos dias 24 e 25 de abril, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) reúne, em Rio Verde (GO), representantes locais de várias categorias ligadas ao setor agrícola para levantamento e atualização dos coeficientes técnicos para o cálculo dos custos de produção para algodão, sorgo, milho e soja.

A Conab pretende também atualizar os pacotes tecnológicos dos custos de produção de várias culturas vinculadas à Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM) para os estados Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo, em obediência ao que determina a nova Metodologia de Custos da Conab, que prevê a revisão dos coeficientes técnicos a cada três anos.

Essa pesquisa de campo para atualização dos custos será elaborada até julho de 2013 e servirá de subsídio para embasar o estudo de propostas de Preços Mínimos para a safra 2014/2015, uma vez que as propostas para a safra 2013/2014 já foram concluídas e encontram-se em estudos nos Ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e Fazenda (MF).

Os analistas de mercado da Companhia usam os dados dos custos atualizados com os preços dos insumos, máquinas, implementos e serviços pesquisados em dezembro e janeiro de cada ano para elaborarem os estudos de propostas de Preços Mínimos da PGPM.

 

Assessoria

 

 

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.