GM leva estudantes à final mundial de competição de robótica

Campeã de seletiva internacional, equipe de Gravataí (RS), é destaque na FIRST
 

 Estudantes gaúchos da cidade de Gravataí tem encontro marcado entre as próximas quarta-feira e sábado (24 e 27/04/2013), em Saint Louis, nos Estados Unidos, para a disputa da etapa final da FIRST Robotic Competition (FRC) – nada menos que a maior competição envolvendo equipes de robótica no mundo. E não é só isso. A equipe da General Motors, intitulada “The Brazilian Trailblazers”, é o único grupo do gênero no Brasil formado exclusivamente por alunos da Rede Pública de Ensino. A equipe reúne ao todo 27 estudantes com idade entre 11 e 18 anos e tem como prerrogativa para seu ingresso, estarem devidamente matriculados na Rede Pública de Ensino.

 

O apoio da GM compõe uma das ações do Instituto General Motors (IGM), braço social da empresa que desde a sua fundação, em 1993, incentiva projetos educativos, ambientais e filantrópicos nas comunidades próximas às fábricas e às instalações comerciais da GM. A instituição atua para resgatar a cidadania de jovens e adultos de comunidades carentes, por meio da área da Educação. “São iniciativas e projetos como estes que demonstram o comprometimento de nossa empresa e do IGM, em particular, com o futuro e o desenvolvimento da comunidade em que estamos inseridos”, destaca Pedro Luiz Dias, diretor de comunicação Social da GM do Brasil e Vice-presidente do IGM. Segundo ele, o trabalho desenvolvido em Gravataí têm referência em projetos similares que a GM promove em outros países, em especial os Estados Unidos, onde a empresa é assídua no segmento. “O fato desta iniciativa contemplar jovens com grande potencial e que buscam oportunidades de estudo e trabalho a torna ainda mais acertada”, acredita.

 

A participação da equipe de Gravataí na etapa final da FIRST é resultado do desempenho de duas seletivas internacionais que o grupo participou ao longo do mês de fevereiro deste ano, respectivamente nas cidades de Myrtle Beach, na Carolina do Sul; e Orlando, na Florida. Nesta última, os gaúchos garantiram nada menos que a primeira colocação geral. Em cada seletiva, até 65 equipes foram envolvidas nos jogos. Nesta edição da FIRST, a disputa entre equipes envolve o jogo “Ultimate Ascent” (Subida Final), que consiste em uma competição entre robôs lançadores de frisbees.

 

Cada equipe é responsável pela construção própria de seu robô, atendendo normas e requisitos pré-estabelecidos pela organização do evento e que nivela o nível de competitividade e competência dos participantes. O time da GM Gravataí dedicou o último mês de janeiro à elaboração do seu projeto, desenvolvido 100% pelos alunos.

 

Fonte – GM

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.