PAA: participação de indígenas cresce 87,5%

O aumento vem de encontro aos dados do IBGE, que mostram queda da população indígena nos grandes centros urbanos, destaca a pondera a superintendente de Suporte à Agricultura Familiar da Conab, Kelma Christina Melo dos Santos Cruz
 

O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) contribuiu para aumentar a inserção dos índios brasileiros nas políticas públicas que promovem o desenvolvimento rural. Balanço realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) mostra que no ano passado 44 projetos com participação indígena foram contemplados com recursos do PAA, contra 21 em 2008. Com isso, o envolvimento desses povos tradicionais com o programa apresentou um salto de 87, 5% nos últimos cinco anos, passando de 402 para 754 participantes.

O aumento vem de encontro aos dados do IBGE, que mostram queda da população indígena nos grandes centros urbanos, destaca a pondera a superintendente de Suporte à Agricultura Familiar da Conab, Kelma Christina Melo dos Santos Cruz. “Programas como o PAA incentivam o desenvolvimento econômico local com a preservação das tradições, o que garante a permanência da população na comunidade e o retorno daqueles que buscavam oportunidades nas cidades”, avalia.

Com o acréscimo na participação dos indígenas também cresceu o valor operado dos projetos. Se em 2008 foram destinados R$ 923,4 mil, no ano passado os recursos atingiram a casa dos R$ 3,3 milhões – um incremento de 260%.

Essas ações impactam diretamente na renda dos índios atendidos pelo PAA. Há cinco anos, a receita das comunidades chegava a R$ 2.504,21. Já em 2012, o rendimento chegou a R$ 4.457,33. “A melhoria econômica das comunidades é apenas um dos benefícios do Programa. O PAA também contribui no resgate da cultura, mantendo viva as tradições de um povo”, ressalta a superintendente.

A região Norte é que apresenta o maior número de indígenas participantes do PAA. Em segundo lugar se encontra o Centro-Oeste, seguido Nordeste, Sul e Sudeste.

 

Assessoria

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.