Conab realiza leilão de contratos de opção de milho dia 4 de junho

Para os estados das Regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste (exceto MT) o preço máximo que o governo pagará será de R$ 19,74/60kg
 

Após a definição das regras para a comercialização de Contratos de Opção de Venda (COV) para os produtores de milho, o governo federal já marcou a primeira operação. Ela será realizada no próximo dia 4 de junho, pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), por meio do leilão objeto do Aviso nº 94/2013. No leilão serão ofertados 17.780 contratos para o Mato Grosso e mais 740 para Rondônia.

 

 

O produto é da safra 2012/2013 e 2013. A operação ocorrerá às 9h, horário de Brasília e será realizada na modalidade cartela, por meio do Sistema Eletrônico de Comercialização da Conab (SEC). Ela se destina a produtores rurais que poderão participar diretamente ou por meio de suas cooperativas.

 

Esta operação atende às regras que foram definidas ontem por meio da Portaria Interministerial 330. O documento estabelece que o governo poderá comprar milho dos produtores para garantir o preço do grão, caso o mercado não esteja favorável a eles e, ao mesmo tempo, permite à Companhia formar estoques públicos do produto. O aporte total para todas essas operações será de até R$ 580 milhões.

 

Para os estados das Regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste (exceto MT) o preço máximo que o governo pagará será de R$ 19,74/60kg. Já para os Estados do Mato Grosso e Rondônia o valor será de R$ 15,12/60kg. Os leilões serão realizados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). (Antônio Marcos da Costa / Conab).

 

Agência Brasil

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.