Cresce número de empresas que apostam em iniciativas ecologicamente corretas

Trisoft desenvolve produtos que não agridem o meio-ambiente
 

De acordo com a última pesquisa divulgada pelo Ministério do Meio Ambiente, aproximadamente 13% dos brasileiros afirmam possuir preocupação com o meio ambiente, esse tema ocupa o sexto lugar na lista de preocupações dos brasileiros. Há seis anos, o meio ambiente estava na 12ª posição, à frente apenas de reforma agrária e dívida externa. Em 1992, ano da primeira pesquisa e da Rio-92, o assunto sequer era citado.

 

 

Essa mudança no comportamento da sociedade fez com que o mundo corporativo repensasse em suas ações. Atualmente, diversas empresas adotam “ações verdes”, tais como, decoração com plantas típicas da Mata Atlântica, cardápio com ingredientes orgânicos, produzidos por pequenos agricultores e uso de papéis reciclados.

 

Iniciativas ecologicamente corretas como diferencial é uma aposta cada vez mais comum na esfera comercial. Hoje, adotar critérios de sustentabilidade é questão de sobrevivência, não só do planeta, mas das companhias.

 

Há quase três décadas, a Trisoft produz produtos, tais como materias primas para colchões e isolamento térmico e acústico ecologicamente corretos, que empregam como base lã de garrafa PET e não utilizam água durante o seu processo.

 

Consciente de seu papel perante a natureza, a Trisoft já consumiu o equivalente a mais de 520.000.000 de garrafa pet da natureza, além de gerar centenas de empregos, diretos e indiretos.

 

“A responsabilidade socioambiental é o objetivo que move a rotina dos funcionários e colaboradores, que somam esforços para deixar uma marca positiva e de valor para sociedade”, diz Mauricio Cohab, diretor da Trisoft.

 

Assesoria

0 comentários