Rádio MEC completa 30 anos

A rádio chega ao 30º aniversário com um perfil consolidado
 

Nesta sexta-feira (10), a MEC FM chega ao 30º aniversário com um perfil consolidado, fazendo jus ao seu slogan – “A rádio de música clássica do Brasil” – e com uma grade de programação ampla e diversificada. Além de cobrir todo o universo do que pode se chamar de música de concerto – responsável por 85% da grade  – a rádio abre janelas para outros gêneros musicais igualmente refinados, como o jazz, o instrumental popular brasileiro, a bossa nova e as trilhas sonoras para o cinema.

 

“Buscamos refletir na grade de programação todo o espectro da música clássica, que é imenso, vai do período medieval aos dias de hoje”, explica o coordenador da MEC FM, Marcelo Brissac. “É um grande quebra-cabeças não privilegiar um ou outro, embora a gente saiba que há períodos que são mais pop, como os românticos, e compositores como Chopin, Mozart, Bach, Beethoven e Tchaikovsky”.
  
De acordo com Brissac, o critério é diluir as preferências dentro da programação. “O público que gosta de música clássica muitas vezes tem  preferência por um determinado compositor e espera ouvi-lo sempre na rádio. Nossa central de atendimento recebe com frequência reclamações do tipo: vocês não estão tocando mais Mozart. “É claro que tocamos, mas não dá para ser uma rádio só de Mozart”, acrescenta.
    
Nesta sexta-feira, a comemoração dos 30 anos terá como ponto alto uma transmissão especial do Sala de Concerto, o programa de música clássica ao vivo, com auditório, apresentado pelo radialista Lauro Gomes. Desde a mudança da emissora para as instalações da TV Brasil, na Avenida Gomes Freire, o programa, que era transmitido do estúdio sinfônico da Rádio MEC, passou a ser apresentado no Salão Leopoldo Miguez, da Escola de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), na Rua do Passeio, também na Lapa.

 
Com informações da Agência Brasil

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.