Haddad vai convidar Movimento Passe Livre para explicar aumento da passagem

O MPL organizou quatro manifestações contra o aumento das tarifas do transporte público em São Paulo, que começou a vigorar na semana passada
 

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, anunciou que o Movimento Passe Livre (MPL) será um dos convidados para a reunião extraordinária do Conselho da Cidade, na próxima terça-feira (18). No encontro, serão apresentados detalhes da composição da tarifa de ônibus, as despesas orçamentárias, com o subsídio das passagens, e os planos para a melhoria do sistema. O MPL terá oportunidade de expor suas propostas para o sistema de transporte público.

 

 

O Conselho da Cidade é um órgão consultivo formado por representantes dos movimentos sociais, entidades de classe, empresários, pesquisadores, artistas e lideranças religiosas.

 

 

O MPL organizou quatro manifestações contra o aumento das tarifas do transporte público em São Paulo, que começou a vigorar na semana passada. Além dos ônibus, de responsabilidade municipal, também foram reajustadas de R$ 3 para R$ 3,20 as passagens dos trens e metrôs, de competência estadual. Em todos os atos, houve confronto com a polícia e depredações.

 

 

Na quinta-feira (14), o confronto entre policiais militares e manifestantes foi o mais grave. Os conflitos resultaram em prisão de manifestantes, jornalistas feridos, depredações, além de denúncias de abuso policial, detenções arbitrárias e uso desproporcional de força. Uma nova manifestação está marcada para a próxima segunda-feira (17) no Largo da Batata, zona oeste paulistana.

 

Agência Brasil

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.