Novak Djokovic – O detonador

Editora Évora lança biografia inédita no mundo sobre a história do atual número um do tênis
 

O tenista sérvio mais querido do mundo ganha sua primeira biografia aos 26 anos. O livro, que não foi lançado em nenhuma outra língua até agora, é uma publicação exclusiva do Brasil, pela Editora Évora.

 

“É importante que o livro seja publicado primeiro, se não na Sérvia, em um país onde as pessoas apreciam esporte, neste caso o tênis, e onde as pessoas são semelhantes aos sérvios, como os brasileiros”, conta Blaza Popovic, jornalista sérvio especializado em esportes, autor de “A Biografia de Novak Djokovic”.

 

À pedido da Editora Évora, a primeira tradução desse livro foi feita do sérvio para o português. Djokovic e sua família aceitaram colaborar com o conteúdo da obra e, depois que leram e aprovaram a publicação do livro, cederam fotos de seu acervo pessoal à editora brasileira que presenteia o leitor com um álbum de fotos exclusivas.

 

A Biografia de Novak Djokovic” conta com uma tiragem de 8.000 exemplares e já está disponível em todas as livrarias do Brasil.

 

 

O livro é uma homenagem à família e relata como gestos simples podem fazer a diferença na vida de uma pessoa. Blaza apresenta os pais do tenista protegendo os filhos- enquanto Slobodan Milosevic arruinava o país – e embarcando no sonho do filho mais novo. Djokovic descobriu o tênis na infância e explica – “Eu tinha o desejo de me tornar o melhor, e estava pronto a fazer muita coisa para que pudesse me dedicar por completo a este objetivo. E meus pais me atenderam, permitiram e forneceram a realização do que eu desejava”. Talvez os pais não tivessem ideia do tamanho da decisão que estavam tomando, mas mantiveram todos os cuidados necessários e monitoravam tudo que o futuro tenista fazia, da hora de dormir até a permanência na escola, o que o levou aos 19 anos a ingressar entre os primeiros dez jogadores do mundo.

 

A história de Djokovic pode ser resumir no que dizia Cervantes: quando se sonha sozinho, o sonho é apenas um sonho, mas quando se sonha junto, o sonho é o começo da realidade. O sonho de ser o maior tenista do mundo foi abraçado pela família inteira e o pai monitorava cada passo, cada treino do filho. Novak Djokovic escolheu o tênis,  mas a família aplacou com ele esse sonho e hoje ele encabeça a lista do melhor do mundo.

 

A projeção de Djokovic em um esporte como o tênis  apontou os olhos do povo para a Sérvia, tornando-a um lugar de relevância no mundo. Por conta dos conflitos raciais e territorias, o país se sentia humilhado e Djokovic resgatou o orgulho dos sérvios e restaurou o poder de um país.

 

 

Informações para imprensa – Digital Trix

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.