Brasil ganha canal na internet para mostrar a realidade do SUS

Para dividir suas experiências, por meio do envio de textos, fotos e vídeos, ou ler o que outros já postaram, o internauta deve acessar o link “Envie seu depoimento”, que o levará para a página do facebook do SOS Saúde
 

A sociedade brasileira em geral, especialmente médicos e demais profissionais de saúde, além dos pacientes, contam desde esta terça-feira (2) com um novo canal de denúncias e reflexão sobre o funcionamento a rede pública de saúde. Está no ar a página WWW.sossaude.org.br, que vai servir de espaço para o compartilhamento de relatos dos usuários e profissionais do sistema público de saúde.

 

Para dividir suas experiências, por meio do envio de textos, fotos e vídeos, ou ler o que outros já postaram, o internauta deve acessar o link “Envie seu depoimento”, que o levará para a página do facebook do SOS Saúde. O link já traz várias histórias, como a de uma médica do sistema municipal de saúde de São Paulo, que recebe um salário líquido de R$ 1.644,00, por uma jornada semanal de 24 horas; ou a de um médico, que mostra a Unidade Básica de Saúde onde atua, na cidade fluminense de Itaipuaçu-Maricá, com mofo e infiltrações nas paredes.

 

Também foram postadas várias convocatórias para os atos públicos desta quarta-feira (3) e devem ser postadas imagens sobre os atos públicos que os médicos realizarão em todo o país.Na página WWW.sossaude.org.br também estão disponíveis links para as comunidades Dignidade Médica, SOS Saúde Brasileira, Greve Geral dos Médicos do SUS e Radar DM.

 

A criação da página é um compromisso assumido pelas entidades médicas – Conselho Federal de Medicina (CFM), a Associação Médica Brasileira (AMB), Associação Nacional de Médicos Residentes (ANMR) e a Federação Nacional dos Médicos (Fenam) – em reunião realizada semana passada.

 

Assessoria

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.