Antonio Patriota pede devolução de bens de David Miranda e nega retaliação ao governo britânico

O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Antonio Patriota, cobrou nesta quinta-feira (22/8) que os bens do brasileiro David Miranda, detido no aeroporto de Heathrow, em Londres, fossem devolvidos pelo Reino Unido. O chanceler disse também que espera que o episódio tenha sido um fato isolado e negou a possibilidade de o Brasil adotar medidas[...]
 


O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Antonio Patriota, cobrou nesta quinta-feira (22/8) que os bens do brasileiro David Miranda, detido no aeroporto de Heathrow, em Londres, fossem devolvidos pelo Reino Unido. O chanceler disse também que espera que o episódio tenha sido um fato isolado e negou a possibilidade de o Brasil adotar medidas de retaliação ao governo britânico, apesar de ainda esperar explicações sobre o episódio.

 

 

“A nossa expectativa é que esse seja um fato isolado, que não voltará a se repetir”, disse o ministro, após uma reunião com o chanceler do Níger, Mohamed Bazoum, no Palácio Itamaraty.

 

 

De acordo com O Globo, Patriota comentou ainda que na conversa com o chanceler britânico, William Hague, ele criticou a detenção de Miranda, afirmando que esse tipo de ação é “contraproducente e não contribui para uma ação internacional coordenada”.

 

 

Quando o brasileiro foi retido, os agentes britânicos apreenderam um computador portátil, um pen drive, jogos eletrônicos e um telefone celular. Segundo a lei britânica, o detido deve responder a todas as perguntas, mesmo sem advogado presente. É considerado crime para o detento recusar-se a responder, independentemente dos motivos, ou não cooperar plenamente com a polícia.

 

0 comentários