Justiça nega pedido de deputado e Ricardo Noblat não responderá por calúnia e difamação

Jornalista não precisará dar direito de resposta ao deputado
 

A Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) não acolheu o recurso do deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ), atual líder do partido na Câmara, e decidiu que o jornalista Ricardo Noblat não responderá penalmente pelas acusações de calúnia e difamação contra o parlamentar em um texto publicado em seu blog.

Crédito:Ana Araújo
 

Segundo o site do STJ, a Justiça entendeu que o Noblat não teve a intenção de caluniar ou difamar o político, mas apenas de prestar informações jornalísticas. 

 
 
O deputado ofereceu queixa-crime contra o jornalista por tê-lo acusado de chantagear o governo na expectativa de obter nomeações para cargos públicos. com a decisão, Noblat não precisará ceder espaço para direito de resposta de Cunha em seu blog.
 
 
PORTAL IMPRENSA
 

 

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.