Justiça suspende programas de rádio e TV do PT por propaganda antecipada

O conteúdo ficou caracterizado como propaganda eleitoral antecipada
 

Os programas de rádio e TV do Partido dos Trabalhadores (PT) que iriam ao ar nesta semana foram suspensos pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ). A Justiça considerou que as inserções exibidas na última quarta-feira (7/8) caracterizaram propaganda eleitoral antecipada.

 

 

 

De acordo com O Estado de S. Paulo, o senador Lindbergh Farias, pré-candidato petista ao governo do Estado, era a estrela do programa, que abordava principalmente as críticas à administração do governador Sérgio Cabral (PMDB). O TRE atendeu pedido da Procuradoria Regional Eleitoral (PRE-RJ).

 

 

 

“O TRE-RJ não tem tolerado a propaganda eleitoral de pré-candidatos fora de época, especialmente aquela divulgada por meio do acesso gratuito dos partidos ao rádio e televisão”, disse o procurador eleitoral Maurício da Rocha Ribeiro.

 

 

 

Caso desobedeça a decisão, o partido terá de desembolsar uma multa diária de R$ 50 mil, e outra de R$ 25 mil a Lindbergh, pela veiculação das inserções do dia 7 de agosto. Os pedidos ainda serão julgados pelo TRE.

 

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.