Waves for Water leva acesso à água potável a famílias do sertão

Acompanhe essa ação através do Facebook.com/MundoMit
 

O projeto Waves for Water, criado pelo ex-surfista profissional Jon Rose, chegou ao Brasil trazendo uma missão nobre na mala: levar acesso à água potável a famílias do sertão brasileiro. Com apoio da Mitsubishi Brasil, a ONG está acompanhando a 21ª edição do Rally dos Sertões, visitando as cidades do roteiro do rali e também comunidades próximas, doando kits de filtros capazes de limpar e purificar qualquer água.

 

 

“As pessoas que vivem nas cidades grandes, com estrutura, não veem a água como um problema”, explica Jon. “Já estas famílias que atendemos têm vários problemas e um deles é o acesso à água limpa.”

 

 

Batizada de 4×4 for Water, a ação já atendeu mais de 110 famílias e escolas, que agora terão água limpa, livre de sujeiras e bactérias. Cada kit, composto por um balde e uma mangueira com filtro, é capaz de atender até 100 pessoas por dia e o sistema pode ser limpo, o que aumenta a durabilidade.

 

 

A bordo de uma L200 Triton, eles já viajaram mais de 3000km entre os Estados de Goiás e Tocantins e puderam conhecer histórias como a de uma mulher que mora há 60 anos no mesmo local, mas nunca havia tomado água de uma bica próxima, porque é suja. “Agora, com o filtro, ela pode fazer uso desta água tranquilamente”, conta Guga Ketzer, publicitário e representante da Waves for Water no Brasil. “Água potável deveria ser um direito.”

 

 

Além de entregar o sistema de filtros para as pessoas, eles também ensinam como utilizar o equipamento e dão uma palestra sobre o uso da água, que serve não apenas para beber mas também para cozinhar, escovar os dentes… “Visitamos comunidades com características e necessidades diferentes. Muitos acham que certos problemas, como um surto de diarreia, têm outras causas. Mas é quase sempre por causa da água”, explica Guga.

 

 

Assista ao vídeo no Youtube e veja como está o trabalho durante o Rally dos Sertões.

 

 

E você também pode ajudar a divulgar o projeto no Brasil: caso queira doar, saiba como no site www.wavesforwater.org.

 

 

0 comentários