Empresários do comércio paulistano retomam confiança na economia

Também cresceu a confiança do setor quanto aos negócios futuros, com alta de 6,3% no quesito que apura a expectativa
 

Os empresários do setor de comércio da cidade de São Paulo voltaram a demonstrar em agosto otimismo em relação ao crescimento da economia e à possibilidade de fechar bons negócios. Após quatro meses em queda, o Índice de Confiança do Empresário do Comércio no Município de São Paulo (Icec) aumentou 5,7%, ao passar de 104,2 pontos, em julho, para 110,1.

 

 

De acordo com levantamento da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), a escala de avaliação da percepção do setor vai de 0 (pessimismo total) a 200 pontos (otimismo total).

 

 

Em nota, a entidade atribuiu essa melhora de ânimo dos empresários à redução no ritmo de inflação. O grupo consultado manifestou confiança, principalmente, em relação ao momento atual. O subíndice Condições Atuais do Empresário do Comércio (Icaec) avançou 6,6% e o que se refere aos investimentos subiu 5,5%. Nesse último caso, a avaliação reflete o interesse dos empresários em ampliar as contratações de trabalhadores.

 

 

Também cresceu a confiança do setor quanto aos negócios futuros, com alta de 6,3% no quesito que apura a expectativa.

 

Agência Brasil

0 comentários