Sem-teto protestam em frente à Secretaria de Desenvolvimento Urbano de SP

Segundo a liderança do MTST, a secretaria, que é responsável pela revisão do Plano Diretor, recusou-se a incluir o terreno nessa condição o que impede viabilizar a área para habitação de interesse social
 

Cerca de 400 pessoas, segundo Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), ligadas à Ocupação Faixa de Gaza, do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), fazem uma manifestação hoje (16) em frente à sede da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano de São Paulo, na esquina da Rua São Bento com a Avenida São João, na região central da capital paulista. O objetivo é pressionar a secretaria para a inclusão do terreno ocupado no Plano Diretor do Município de São Paulo como Zona Especial de Interesse Social (Zeis).

 

 

Segundo a liderança do MTST, a secretaria, que é responsável pela revisão do Plano Diretor, recusou-se a incluir o terreno nessa condição o que impede viabilizar a área para habitação de interesse social. O projeto de alteração do Plano Diretor deve ser enviado esta semana para a Câmara Municipal de São Paulo.

 

 

Por volta das 10h30, um pequeno grupo tentou ocupar o prédio da secretaria e houve um princípio de tumulto. Os guardas-civis metropolitanos usaram spray de pimenta para controlar a situação. No momento, a situação é tranquila e os trabalhadores sem teto ocupam o calçadão onde fica a secretaria.

 

Agência bRASIL

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.