Startup viabiliza projetos inovadores por meio de financiamento coletivo

No ar há apenas cinco meses, o Startando já tem mais de 200 propostas inscritas
 

Quando se fala em viabilizar um projeto, não é tarefa fácil conseguir empréstimos em bancos, com a família, amigos ou até mesmo de investidores dispostos a colaborar financeiramente com a ideia. Para isso, empreendedores buscam novas alternativas para conseguir tirar a proposta do papel. O Startando (www.startando.com.br), site de financiamento coletivo, chega ao mercado com o objetivo de, ao mesmo tempo, auxiliar com a arrecadação financeira e prestar todo o suporte necessário para dar vida às boas ideias. 

 

Com a finalidade de viabilizar iniciativas criativas, a startup intermedeia a colaboração financeira direta de pessoas que se identificam com os novos projetos. Em troca, os idealizadores oferecem diferentes recompensas, como brindes, experiências variadas, ou o próprio produto concebido. “Nossa plataforma oferece a qualquer pessoa a possibilidade de ver uma boa ideia se tornar realidade e fazer parte disso, independentemente do valor da contribuição”, comenta Caio Ciampolini, sócio-diretor do Startando.

 

De acordo com o empreendedor, o dinheiro só é repassado ao dono do projeto se atingir 100% da meta no prazo da campanha, que dura de 30 a 60 dias. Ainda segundo Ciampolini, o Startando exige uma relação detalhada e transparente de todos os custos do projeto. “Os colaboradores interessados precisam saber como a verba será utilizada e, por isso, optamos por disponibilizar detalhadamente no site todo o descritivo das finanças”, explica.

 

Sob todos esses conceitos, a plataforma já tem mais de 200 propostas inscritas em apenas cinco meses de operação. No entanto, um conselho de executivos faz todo o processo de curadoria para evitar que os projetos que não se enquadrem nas suas diretrizes vão para o site. Como resultado do criterioso filtro, o Startando conta com projetos inovadores, como o curta-metragem do apresentador e humorista Marco Bianchi, “Songa, a Monga”, e o Holi Festival das Cores, tradicional evento indiano para celebrar o início da primavera que atingiu 146% da sua meta de financiamento, arrecadando mais de R$ 186 mil. “Sempre auxiliamos na divulgação e, quando necessário, na formatação do projeto para o crowdfunding com diretrizes que ajudam a ter o sucesso esperado”, complementa Caio Ciampolini.

 

Para cadastrar um projeto no Startando é simples: basta um vídeo, um breve texto explicando seu objetivo e um descritivo do orçamento necessário para viabilização. Não há nenhum custo para colocar uma iniciativa no site. Apenas nos casos que atinjam a meta estipulada será descontada uma comissão do Startando mais taxas do meio de pagamento.

 

Assessoria

0 comentários