Exposição exibe acervo do Museu de Arte Contemporânea

Há 85 obras de artistas consagrados como Amedeo Modigliani, Anita Malfatti ao lado de outros mais jovens, como Albano Afono e Junior Suci
 

Pablo PicassoEstá em cartaz até julho de 2014 a exposição O Antes, o Agora, síntese do acervo do Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (MAC). Há 85 obras de artistas consagrados como Amedeo Modigliani, Anita Malfatti ao lado de outros mais jovens, como Albano Afono e Junior Suci. Está contemplado um período histórico que vem desde meados do século 19 até a atualidade. A mostra está no novo prédio da instituição, no Parque Ibirapuera, zona sul paulistana.

 

A intenção da montagem é dar um panorama da diversidade do acervo do MAC, que completou 50 anos neste ano. “Esta opção por colocar lado a lado artistas modernos e contemporâneos visou a proporcionar ao público, noção da pluralidade do acervo do museu”, explica o curador da exposição e diretor do MAC, Tadeu Chiarelli.

 

Ao colocar obras mais antigas ao lado da produção mais recente, a curadoria tenta levar o público a compreender os caminhos percorridos pela arte no período. “Por outro lado, procurou criar uma exposição que instigasse o público a pensar sobre as fortes mudanças que ocorreram na arte nesses quase 200 anos”, destaca o curador.

 

Chiarelli acredita que a disposição das obras tende a fazer com que os visitantes questionem as próprias opiniões sobre a arte. “Perturbar e ressignificar verdades consagradas são as funções de uma universidade preocupada com o devir do conhecimento”.

 

Agência Brasil

0 comentários