7 bolsas de estudo internacionais para jornalistas brasileiros

Fique atento aos prazos de inscrição
 

O mês de janeiro marca o início de muitos projetos e metas. Se você procura por novas oportunidades, fique atento aos programas de bolsas de estudo abertas a jornalistas do Brasil. Confira os próximos prazos de inscrição para treinamento que visam aprimorar as habilidades profissionais. Veja a lista elaborada pela rede de jornalistas internacionais Ijnet:

0-0-0-0-0bolsasip 0611
(Imagem: Reprodução)Bolsa Nieman-Berkman de Jornalismo Inovador – Até 31 de janeiro

 

Para desenvolver projetos de pesquisas relacionados com a transformação digital do jornalismo, a Nieman Foundation for Journalism e o Berkman Center for Internet & Society hospedam um bolsista durante o ano letivo. Os interessados na bolsa de US$60.000 precisarão trabalhar ideias para novas receitas, ferramentas de comunicação e padrão de consumo de informações. Para mais informações, clique aqui.

Programa de Bolsas de Jornalismo da Reuters – Até 31 de janeiro
Exclusivo para profissionais com ao menos cinco anos de experiência, o programa oferecido pelo Reuters Institute for the Study of Journalism na Univeridade de Oxford receberá 25 bolsistas por três, seis ou nove meses. O objetivo é desenvolver pesquisas sobre o jornalismo como negócio e sua evolução. Veja detalhes aqui

Bolsa Knight-Wallace de Jornalismo – Até 1º de fevereiro
Jornalistas internacionais com experiência prévia de cerca de cinco anos poderão concorrer aos seis postos oferecidos para bolsistas naUniversidade de Michigan durante um ano de estudo acadêmico. Além de custos de viagem e ensino, os beneficiários do programa recebem US$70.000 para elaborar um plano personalizado de estudo com acesso aos cursos e recursos da universidade. Inscreva-se aqui

Bolsa do Joan Shorenstein Center na Harvard – Até 1º de fevereiro
A Kennedy School of Government na Universidade Harvard aceita inscrições para o programa de bolsas do Joan Shorenstein Center. Os candidatos devem ser jornalistas formados ou acadêmicos, envolvidos com ações ativas nos campos da imprensa e política. Os bolsistas moram no campus por um semestre e recebem US$30.000 em quatro parcelas ao longo do período. Confira o processo de seleção aqui

Programa de Jornalismo Global na Universidade de Toronto – Até 10 de fevereiro
Orientados por jornalistas experientes, 15 bolsistas da Munk School of Global Affairs na Universidade de Toronto formarão uma nova geração de correspondentes globais com conhecimento especializado em temas complexos. Ao longo do treinamento, que confere diploma de pós-graduação, os participantes produzirão trabalhos freelance para grandes meios de comunicação. Acesse aqui.

 

 

Bolsa World Press Institute nos Estados Unidos – Até 15 de fevereiro
O programa de quatro meses leva jornalistas internacionais para uma imersão na governança, política, negócios, mídia, ética jornalística e cultura dos Estados Unidos através de aulas, viagens e entrevistas por todo o país. Todas as despesas de viagem e estadia são cobertas. Conheça o processo aqui. 

 

 

Bolsa Knight de Jorrnalismo Científico no MIT – Até 28 de fevereiro
Para cobrir ciência, tecnologia, meio ambiente ou medicina, o programa recebe 10 a 12 jornalistas internacionais e norte-americanos. Os bolsistas acompanhar cursos da MIT, assistir a palestras e entrevistar membros do corpo docente. O valor da bolsa é US$65.000. Para mais informações, clique aqui.

0 comentários