Standard & Poor’s reduz nota de 13 instituições financeiras no Brasil

Essas implicações negativas indicam possibilidade de corte da nota no futuro
 

A agência de classificação de risco Standard & Poor’s (S&P) reduziu a nota de crédito em escala global de 13 instituições financeiras brasileiras, em função do rebaixamento da nota soberana do país, anunciada no último dia 24. Na ocasião, a agência anunciou a redução de BBB para BBB-, com perspectiva neutra, o que indica que a classificação não será rebaixada nos próximos meses. As novas notas das instituições financeiras são estáveis.

 

A agência também informou que colocou em observação com implicações negativas o rating (nota) global de 17 instituições financeiras e a nota em escala nacional de 26 instituições. Essas implicações negativas indicam possibilidade de corte da nota no futuro.

 

As instituições que tiveram a nota rebaixada foram Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú Unibanco, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Bradesco, Itaú BBA, Citibank, Banco do Nordeste, Banco do Brasil, Santander, Sul América, Sul América Companhia Nacional de Seguros e Allianz Global.

 

Agência Brasil

0 comentários