Grécia pode adotar mais medidas de austeridade para conter efeitos da crise mundial

Um dos principais problemas da Grécia, segundo analistas, é a fuga de capital que ocorre desde a explosão da crise econômica internacional, principalmente de contribuintes com elevados rendimentos
 

O governo da Grécia analisa a possibilidade de adotar novas medidas de austeridade na tentativa de conter o avanço dos efeitos da crise econômica internacional no país. A iniciativa ocorre no momento em que houve queda de 7% das receitas relativas à cobrança de impostos em relação ao previsto. Na comparação com janeiro de 2012, as receitas com impostos diminuíram 16%.

 

 

O governo, segundo o Ministério das Finanças, estimava arrecadar 4,36 bilhões de euros, mas obteve apenas 4 bilhões de euros. Parte da queda na arrecadação foi causada pela redução de consumo no país.

 

 

Um dos principais problemas da Grécia, segundo analistas, é a fuga de capital que ocorre desde a explosão da crise econômica internacional, principalmente de contribuintes com elevados rendimentos.

 

Agência Brasil

0 comentários