Bono Vox propõe parceria com Instituto Lula para o combate à fome e à miséria no mundo

Lula e Bono combinaram se reencontrar para trocar relatórios de suas atividades
 

O líder da banda irlandesa U2, Bono Vox, propôs uma soma de esforços entre o Instituto Lula e a organização não governamental ONE, criada pelo músico, para difundir e estimular a criação de programas contra a fome e a miséria. Bono se encontrou com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em Londres. A pedido do roqueiro, Lula fez um resumo sobre a atuação dos programas de inclusão social lançados pelo seu governo.

 

O Programa Bolsa Família, segurança alimentar, fome na África e futebol estiveram entre os assuntos abordados por Lula e Bono. Para o músico, depois que o ex-presidente da África do Sul Nelson Mandela se retirou do cenário político, Lula se converteu naturalmente no grande interlocutor mundial dos pobres.

 

Ao falar sobre o combate à pobreza no mundo, Lula disse a Bono que o dinheiro gasto para salvar da crise financeira os bancos norte-americanos e europeus e a quantia despejada pelos Estados Unidos na guerra do Iraque, somados, atenderiam a todos os pobres do mundo por 150 anos.

 

O roqueiro disse a Lula que com o apoio de Bill Gates e do investidor George Soros, a ONE vem implantando na Tanzânia um projeto de produção de alimentos na Savana inspirado no trabalho da empresa brasileira Embrapa, em Gana.

 

Lula e Bono combinaram se reencontrar para trocar relatórios de suas atividades. Eles também prometeram estar juntos nas arquibancadas do estádio do Corinthians, na abertura da Copa do Mundo de 2014, em São Paulo.

 

Agência Brasil

 

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.