A causa da morte do ator Cory Monteith, de ‘Glee’, foi a mistura de heroína e álcool

Autoridades divulgaram vídeo para anunciar resultado de autópsia.
 

Montieth

 

Cory Monteith morreu após misturar heroína e álcool, conforme confirmaram as autoridades canadenses após a autópsia realizada na segunda-feira, dia 15. O resultado foi divulgado na terça, dia 16, pelo departamento de polícia de Vancouver, no Canadá. Ele morreu após “misturar tóxicos, incluindo heroína e álcool”. Veja o vídeo com o comunicado, em inglês.

 

 

O ator da série “Glee” foi achado morto em um quarto do hotel Fairmont Pacific Rim, em Vancouver, no último sábado (13). De acordo com o site TMZ, Monteith levava vidas distintas na cidade canadense, onde nasceu, e em Los Angeles, cidade norte-americana em que a série “Glee” é gravada.

 

 

O ator, que tinha 31 anos, conseguia ficar sóbrio quando estava com a namorada, Lea Michele, que vive a personagem Rachel Berry no seriado, e com os outros amigos do elenco. Segundo uma fonte do site, a equipe de “Glee” sabia do vício do ator, mas afirma que ele nunca apareceu alterado no set de filmagens. No entanto, Monteith sofria recaídas quando visitava a família no Canadá, usando drogas e álcool ao reencontrar conhecidos.

 

No ar desde 2009, “Glee” teve este ano sua pior média de audiência, mas tem mais duas temporadas já confirmadas. Os produtores, no entanto, ainda nao revelaram o que irá acontecer a Finn Hudson, personagem de Monteith.

 

 

O ator deixou ainda ao menos dois filmes inéditos, “All the wrong reasons” e “McCanick”, ambos em fase de pós-produção, de acordo com o site IMDb. Além disso, ele também faz parte do elenco de “Glee Live! at Radio City Music Hall”, longa derivado da série que o tornou famoso.

 

Redação com fontes

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.